- Anuncie
- Assine

 
 
 
Música // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Sonoras
Funhouse, Pink
Pela capa, dá para perceber que Pink insiste na pose de cantora bizarra. O que põe em segundo plano seu pop de bom nível. Neste álbum, ela entoa repertório composto sob o impacto de sua separação de Carey Hart, astro do motocross. Mas Funhouse passa longe da depressão. Músicas como "So What" têm pulsação eletrizante.

 

Perfect Symmetry, Keane
O grupo britânico começa a se dissociar do Coldplay - e não só porque enfatiza guitarras e saxofones, em vez de priorizar apenas os teclados. Perfect Symmetry flagra Keane em momento mais jovial e positivo. Fãs da melancolia do CD anterior, Under the Iron Sea (2006), vão estranhar músicas como "Spiralling", com efusivos sons à moda dos anos 80.

 

4:13 Dream, The Cure
Os outros músicos debandaram, mas Robert Smith insiste em prolongar a vida do The Cure com este 13º álbum de estúdio que reúne inéditas. O resultado é um CD aquém da discografia da banda, ainda que uma ou outra faixa, como "Freakshow", evoque os tempos áureos. O tom do irregular repertório oscila entre a depressão e a euforia, esta especialmente presente em "The Only One". (M.F.)

Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS