- Anuncie
- Assine

 
 
 
Teatro // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Até que o banheiro os separe
Depois de trabalharem juntos em Beleza Pura, Regiane Alves e Bruno Mazzeo retomam a parceria em Enfim, Nós, peça sobre um casal obrigado a passar uma noite trancado no banheiro, que estréia na quarta-feira 12

Regiane e Bruno mostram a diferença dos olhares masculino e feminino

REGIANE ALVES
"A primeira gargalhada é um susto"

A vontade de fazer um espetáculo com Bruno surgiu durante a novela?
Foi. Conversei com ele sobre a minha vontade de fazer uma peça sobre relação a dois. Ele falou sobre esse espetáculo.

Por que o desejo de falar sobre relacionamento?
Por causa das histórias que a intimidade proporciona, das coisas que acontecem com as paixões. O Bruno é casado, eu moro com meu namorado, e há situações cotidianas que são iguais em toda relação, mas há a diferença dos olhares masculino e feminino. Na peça, quando a casa é assaltada, ela está preocupada com o fogão, e ele, com a tevê. O mais gostoso é que o público se reconhece.

O público se reconhece não importa o lugar onde vocês se apresentem?
Já nos apresentamos em algumas cidades e é sempre uma surpresa. Nos ensaios imaginamos quais serão as piadas que darão resultado. Mas no palco, quando ouço a primeira gargalhada, é um susto e uma satisfação.

Todo casal deveria passar uma noite trancado no banheiro antes de se casar?
Não (risos). Como diz a personagem, isso diminuiria muito o número de casamentos.

BRUNO MAZZEO
"Sou organizado no caos"

A peça estreou em 2006, com outra atriz no papel feminino. Você fez adaptações no texto? Cláudio (Torres Gonzaga, também diretor) e eu fizemos. Cada atriz traz sua visão do texto, dá novas características da personagem. Isso muda a minha interpretação também. Mas estamos sempre trabalhando no texto, reaproveitando piadas, criando outras.

Você está com a peça, faz roteiro e protagoniza o Cilada, no Multishow, e tem um blog. Como arruma tempo para tudo? Sou organizado no caos. Nunca fiz tanta coisa na vida. Quando escrevia três, quatro coisas, conseguia me organizar melhor, porque podia escrever em qualquer horário. Agora, acabei de fazer a novela, tem o Cilada, os ensaios da peça, estou gravando o Casos e Acasos. Pela primeira vez, estou com coisas atrasadas.

Todo casal deveria passar uma noite trancado no banheiro antes de se casar? Essa é a visão que o personagem defende, mas acho que não. Agora estou falando com você e almoçando. Minha mulher está no supermercado. Estamos vivendo situações diferentes. Temos essa individualidade. Na peça, levamos a convivência ao extremo. (14 anos) Aina Pinto

Teatro das Artes - Shopping da Gávea, r. Marquês de São Vicente, 52, Rio de Janeiro, tel: (21) 2540-6004. Até 18/12.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS