- Anuncie
- Assine

 
 
 
Família // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Carla Marins é mamãe
Leon, primeiro filho da atriz e do personal trainer Hugo Baltazar, nasce três dias antes da data prevista para a cesariana

TEXTO LUCIANA BERCELLOS

FOTOS MARCELO FERNANDES/AG. ISTOÉ
FOTOS MARCELO FERNANDES/AG. ISTOÉ

O parto estava marcado para o sábado 18. Mas, três dias antes do previsto, a atriz Carla Marins foi surpreendida às 23h com contrações. Apesar do susto, a chegada de Leon, o primeiro filho da atriz e do personal trainer Hugo Nunes Baltazar foi tranqüila. O menino nasceu de cesariana às 2h28 da quinta-feira 16 na Clínica Perinatal, em Laranjeiras, no Rio, pesando 3,390 kg e medindo 49,5 cm. Carla tentou parto normal, mas não tinha dilatação suficiente. "Quando olhei o meu filho, pensei: Nossa! Ele não parecia um recém-nascido, é muito grandão e muito lindo", empolga-se a mamãe de primeira viagem.

"Estou muito feliz, estou me sentindo realizada", completa. Carla e o bebê deixaram o hospital na manhã do sábado 18.

A atriz e o marido optaram, ainda no início da gravidez de Carla, por guardar as células-tronco do sangue do cordão umbilical no banco de sangue Cryopraxis, o maior da América Latina. Carla, que tem 40 anos, está no ar atualmente no seriado Faça a Sua História, da Globo, em que contracena com o ator Vladimir Brichta. As cenas em que a personagem tem o bebê foram gravadas cinco dias antes do nascimento de Leon. Adalgiza, papel vivido pela atriz, apareceu com o filho nos braços quando na vida real Carla ainda estava nos últimos dias de gestação.

Como a série ainda está no ar, a personagem de Carla não aparecerá nos próximos episódios. O diretor Mauro Faria antecipou a saída da atriz para que ela não precisasse interromper a licença- maternidade. A estratégia utilizada pelos autores foi tirar Adalgiza de cena: na ficção, por enquanto, ela só será citada por Oswaldir, o taxista vivido por Brichta.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS