- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Esporte
A fase dourada de Cielo
Sob os holofotes, o nadador César Cielo, que trouxe a medalha de ouro de Pequim, curte o assédio dos fãs e diz que pensa em namorar, mas sem perder as piscinas de vista

TEXTO GABRIEL DEBIA

PATRÍCIA SANTOS/AE
Na quinta-feira 4, o nadador brinca com uma bóia durante a disputa do Troféu José Finkel, no clube do Corinthians, em São Paulo

César Cielo está sem celular. O nadador bem que tentou ativar sua linha de telefone móvel, mas desistiu quando percebeu que começava a provocar um tumulto de fãs no Shopping Iguatemi, em São Paulo. Desde que trouxe da China a primeira medalha de ouro olímpico da natação, o atleta de 21 anos tem vivido dias de celebridade. Sua agenda, antes tomada pelos treinos intensivos, agora está repleta de entrevistas e eventos dos mais diversos tipos. De encontros com autoridades como o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, a desfiles de moda como o Hair Fashion Show, na quinta-feira 28. Cielo desfilou para o cabeleireiro Carlos Carrasco e ganhou uma repaginada. “O Carrasco sugeriu que fizesse algumas luzes no cabelo. No começo fiquei em dúvida, mas acabei topando”, diz o atleta, que, no domingo 7, era esperado na passarela da grife TNG em Salvador.

O atleta paulista de Santa Bárbara do Oeste tem se divertido na nova condição de celebridade, mas já passou por algumas saias-justas. “Cinco dias após ter chegado de Pequim, uma garota me ligou às 6h30 para pedir meu MSN. Foi estranho, mas acabei cedendo e passei meu e-mail”, conta. O assédio feminino pode resultar em mudanças na vida amorosa. Segundo ele, esse é o momento ideal para arrumar uma namorada, já que os treinos estão mais amenos. Durante os meses em que se preparou nos Estados Unidos para a Olimpíada, ele procurou não se envolver com ninguém a conselho dos técnicos. O nadador ainda não encontrou sua cara-metade, mas deixa escapar que não tem ficado sozinho. “Revi uma amiga da época de colégio e foi bem legal.”

MICHAEL RODRIGUES/PHOTO RIO NEWS/ IBRAHIM CRUZ/AG.
César Cielo sobe à passarela do Hair Fashion Show O atleta recebe o carinho das fãs

Os novos compromissos têm tirado o sono do nadador. “Na época em que treinava, dormia mais horas que hoje em dia”, conta. Também não sobra tempo para baladas. “São Paulo tem lugares ótimos, mas curiosamente minha vida está mais corrida que nunca”, explica Cielo, que vez ou outra até pede sugestões de diversão para seu empresário, o ex-nadador Fernando Scherer, o Xuxa, mas é como se estivesse falando sozinho. “Ele já me corta, dizendo: ‘nem começa porque eu também gosto de sair, se juntar dois não vai dar certo’”, conta Cielo, que concorda com os conselhos do veterano. “O foco é manter minha imagem para a nova geração da natação, e, só depois de toda a repercussão do ouro, espero poder sair um pouco, com mais tranqüilidade”, conforma-se.

Apesar de curtir a nova fase, Cielo não pretende perder as piscinas de vista. O nadador conta que, fora a polenta com frango preparada por sua avó, sua alimentação continua regrada e ele já começa a voltar aos treinos. “Em outubro disputarei a Copa do Mundo em Belo Horizonte, e, em dezembro, o Campeonato Brasileiro em Florianópolis”, diz, com a certeza de que dará ainda mais alegrias aos fãs.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS