- Anuncie
- Assine

 
 
 
Paulo Borges // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







PARTE I
O novo sempre vem... e como precisamos dele!

A MODA VIVE DE CICLOS. Fases que evoluem, se transformam, e às vezes desaparecem, apenas para retornar anos mais tarde em releituras.O mestre Yves Saint Laurent, falecido em junho deste ano, costumava dizer que "a moda é passageira, mas o estilo é algo eterno". Novos nomes surgem a cada dia no mercado da moda, mas somente aqueles que possuem talento e um estilo próprio, que imprimem suas marcas nas passarelas, podem vislumbrar um futuro brilhante. A importância de novos nomes para o segmento é incontestável, afinal de contas, são eles que trazem vigor e olhar novos ao ambiente, se arriscam mais livremente, e provocam rupturas necessárias à engrenagem feroz que move o mundo da moda, e quem sabe não serão eles que irão ditar as regras no futuro. Por esta razão sempre acreditei e apostei no apoio a estes jovens, como fiz com o Phytoervas Fashion e o Projeto Hot Spot, que, depois de cinco anos de sucesso, se prepara para sua nova e mais vibrante fase, virar um prêmio de abrangência nacional. Da nova safra de estilistas da SPFW, selecionei alguns nomes que, podem apostar, ainda renderão muito pano para manga.

PEDRO LOURENÇO
Antes mesmo de apresentar sua primeira coleção, em 2003, quando tinha apenas 12 anos de idade, para a grife Carlota Joakina, de sua mãe Gloria Coelho, Pedro Lourenço já corria pela SPFW durante os ensaios dos desfiles da Gloria. Ainda com oito ou nove anos, me ajudava a ensaiar as modelos, por onde e como elas deveriam andar, e chamou a atenção da família desde cedo pelo seu apurado senso estético. Dois anos mais tarde, em 2005, Pedro, que também é filho do estilista Reinaldo Lourenço, assina a sua primeira coleção autoral, que leva o seu nome próprio. De lá para cá vem chamando a atenção de todo o mundo na moda, aqui e lá fora também. Ninguém se espante se em breve este menino aceitar convite para trabalhar em alguma destas grifes internacionais que ele tanto admira.

Fotos: AG. FOTOSITE

FABIA BERCSEK
Fabia trabalhou na revista Elle com Regina Guerreiro, foi assistente de Alexandre Herchcovitch e estreou em 2000 com marca própria na Casa de Criadores. Passou para o Amni Hot Spot no ano seguinte e integrou a equipe da Cavalera na SPFW antes de começar a sua carreira solo no evento. Ilustradora reconhecida, Fabia realiza suas criações de forma intuitiva e pessoal, colorida e em clima de devaneio. Atualmente suas coleções são vendidas em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Nova York, Tóquio e Atenas.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS