- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







A Múmia - Tumba do Imperador Dragão
Brendan Fraser volta pela terceira vez ao papel de protagonista da franquia

DIVULGAÇÃO
O Egito foi trocado pela China como locação no novo filme

Rick O’Connell é o mesmo Brendan Fraser e continua casado com Evelyn em A Múmia – Tumba do Imperador Dragão. Mas ela não é a mesma pessoa. Confuso? Rachel Weisz, que interpretou o papel nos dois filmes anteriores (1999 e 2001), não quis repetir a dose e, agora, a personagem tem o rosto de Maria Bello (de Torres Gêmeas e Obrigado por Fumar). “A gente não queria mudar o rumo da história”, resume Fraser.

O filho do casal é quem dá início à nova aventura, dirigida por Rob Cohen e passada na China, não mais no Egito. O garoto Alex (Luke Ford) faz pesquisas em um túmulo e acaba encontrando o Imperador (Jet Li), que havia sido transformado em estátua de terracota devido a uma maldição. Desperto, ele tenta dominar o mundo com seus poderes sobrenaturais. Para isso, traz de volta à vida o seu fiel exército de dez mil homens. Como Alex não sabe o que fazer, pede a ajuda dos pais para resolver a encrenca em que se meteu.

Os guerreiros são referência aos de Xi’an, as mais de oito mil figuras em tamanho natural enterradas no mausoléu construído na dinastia Qin, na China, em 210 a.C. A partir deste referencial, foram criados os lutadores do filme, cada um deles com feições diferentes. O diretor resolveu usar essa idéia porque Jet Li, por incompatibilidade de agenda, não poderia acompanhar os cinco meses de filmagens. Cohen sugeriu a criação de um guerreiro de terracota que andasse e falasse como o ator.

A produção teve duas cidades chinesas como locação e a equipe teve acesso ao lugar onde estão os guerreiros de Xi’an. “Enquanto o público se diverte, também pode ver como aquele lugar é incrível. Para mim, ajudou muito estar lá, porque conhecer a real locação da história a torna mais autêntica”, diz Fraser. Ele e John Hannah, no papel do cunhado Jonathan, são os únicos a estarem no elenco dos três títulos da franquia. “É preciso que cada filme seja único. Para mim, tudo o que eu preciso saber está na página e eu conheço o personagem como a palma da minha mão”, comenta o protagonista. (Classificação indicativa: a conferir)


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS