- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Carreira
A escolha de Lorena
A apresentadora,que vive na ponte aérea desde que assumiu o Happy Hour, da GNT, diz que foi uma boa opção trabalhar longe de casa para ter mais tempo com a família nos finais de semana

TEXTO JOÃO BERNARDO CALDEIRA

RICARDO FASONELLO
A apresentadora no apart hotel onde se hospeda no Rio. "Dora e Catarina adoram o Rio e os priminhos daqui"

Quando recebeu o convite para trocar o Domingo Espetacular da Record pelo programa Happy Hour no canal de tevê a cabo GNT, Lorena Calábria não se preocupou em deixar para trás a maior visibilidade da tevê aberta. Antes de mais nada, a apresentadora, que mora em São Paulo, pensou nas suas gêmeas Dora e Catarina, de cinco anos, que teriam de passar a dividir a mãe com a ponte aérea. Passados mais de dois meses da estréia do programa gravado no Rio, Lorena está tranqüila com a decisão tomada ao lado do marido, Maurício Arruda, diretor do Altas Horas, com quem completa 10 anos de casamento em agosto. Ela constatou satisfeita que as crianças descobriram uma grande vantagem na troca: ter a mãezona em casa todos os fins de semana, o que antes era impossível. "Quando contei que não trabalharia mais aos domingos, elas ficaram numa felicidade incrível. 'Mas é só essa semana?', perguntaram, sem acreditar."

Com a mudança, agora é o pai quem cuida das crianças nos primeiros dias da semana, já que as gravações do Altas Horas acontecem somente na quinta-feira. Em breve, Lorena pretende mostrar às filhas o apart-hotel no Leblon onde se hospeda de segunda a quarta-feira, por conta do seu trabalho na Cidade Maravilhosa. "Elas adoram o Rio e os priminhos daqui. Catarina tem até sotaque carioca", entrega Lorena, enquanto prepara cuidadosamente sua maquiagem para a sessão de fotos.

Nascida no Rio, a apresentadora ensaia uma pequena revolta quando perguntada se está contente em voltar à cidade, 17 anos depois de se mudar para São Paulo para trabalhar na MTV. "Nunca deixei o Rio. Eu era rata de praia", afirma a apresentadora, orgulhosa da época em que exibia nas areias de Ipanema suas curvas, ainda hoje invejáveis.

Boa forma
Aos 43 anos, depois de mais de 20 de carreira, ela aprecia os elogios que recebe por sua boa forma, mantida com Pilates, caminhadas e uma alimentação saudável. Apesar dos cuidados com o corpo e a saúde, Lorena definitivamente não é uma pessoa vaidosa. Tanto que não sentiu necessidade de se recuperar de algumas marcas da gravidez, como o abdômen menos rígido. "Se minha forma não voltou completamente, tudo bem. Meu corpo já cumpriu sua função de gerar duas vidas", diz ela. "Não apareço na televisão de barriga de fora, então por que me preocupar com isso?", completa.

É com a mesma postura tranqüila que Lorena minimiza os riscos de enfrentar os problemas da apresentadora anterior do Happy Hour, Astrid Fontenelle, que deixou o programa afirmando que a ponte aérea estava abalando seu relacionamento. "A gente tem um amor muito grande e respeita muito as individualidades do outro", diz Lorena. Para ela, o nascimento das meninas é como um alicerce que fortaleceu o casamento. Seu sonho sempre foi formar uma família, e por isso não descarta adotar uma criança no futuro, já que se vê ainda por muitos anos ao lado do marido. "A parceria que eu estava buscando na vida eu encontrei. Acho que é a tal da alma gêmea."


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS