- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Sucesso
Alice no país do cinema
A atriz Alice Braga fala do reconhecimento em Hollywood, diz que ainda não é assediada nas ruas e elogia o colega Rodrigo Santoro

TEXTO THAÍS BOTELHO

Rodrigo Santoro e Alice Braga estão juntos no elenco do filme Cinturão Vermelho

Aos 25 anos, a paulistana Alice Braga tem mostrado a que veio. Principal brasileira com destaque em Hollywood, ela tem arrancado elogios por onde passa. "Não sou celebridade, as pessoas geralmente não me reconhecem pelas ruas, mas fico muito feliz com a repercussão do meu trabalho", conta. Depois de filmar Repossession Mambo com o galã britânico Jude Law, que não poupou elogios à brasileira, ela volta ao País para a divulgação de seu mais novo trabalho, Cinturão Vermelho. Ao lado de Rodrigo Santoro, outro nome nacional a brilhar lá fora, a atriz põe à prova o desafio de trabalhar com o renomado David Mamet no filme em que vive Sondra, mulher de um professor de jiu-jítsu. "Alice é um sucesso, nem tem muito o que falar", entrega o amigo e admirador Rodrigo. Ainda que não cheguem a contracenar diretamente, eles vivem dois irmãos na trama do cineasta americano. "Só tenho ouvido coisas lindas do Rodrigo, é um ator completo e também fala muito bem espanhol", compensa ela. Em entrevista à Gente, Alice fala de carreira e o que mais gosta de fazer no tempo livre.

Como foi trabalhar com David Mamet?
Foi uma honra ser convidada por ele. Conhecia o trabalho do David, mas não esperava encontrar uma pessoa tão bacana e generosa como ele é. Já tinha ouvido falar da fama de durão, mas foi totalmente o contrário. Também não conhecia nada de jiu-jítsu e procurei me preparar bastante.

Depois de fazer quatro filmes americanos, ainda há dificuldade em atuar nos Estados Unidos?
Muita coisa mudou, o latino já tem conquistado outros papéis e ganhado destaque. Mas o idioma ainda é uma dificuldade. Por mais que tenhamos fluência e mostremos um inglês cada vez mais limpo, para eles sempre teremos sotaque.

Como foi se ver na capa da revista Vanity Fair ao lado das atrizes Jessica Biel e Anne Hathaway?
Caramba, foi um frio na barriga delicioso, uma surpresa enorme. É uma publicação muito respeitada no mundo inteiro, né? Sou fã de todas as mulheres poderosas que estão ali.

Como analisa sua carreira internacional? O sucesso era previsível?
As pessoas falam muito de carreira internacional, Hollywood... Mas eu não tenho uma carreira internacional. Foram oportunidades maravilhosas que surgiram, mas também surgiram no Brasil. Onde houver trabalho eu vou, seja aqui, seja na Europa, não importa. O que tenho é uma carreira de atriz, e estou muito contente por toda repercussão. Mais uma surpresa.

Foi publicado que as comparações com sua tia famosa, Sônia Braga, não te agradam. É verdade?
De forma alguma. Sou sobrinha de uma mulher talentosíssima, um ícone da televisão. Cada comparação é um elogio, somos família, apesar do pouco contato, pois a Sônia saiu do País no ano que eu nasci. Comecei por outra vertente, outro caminho, e por isso nunca me espelhei no que ela fez. Segui meus passos dentro da minha própria história. Mas ela é uma tia muito querida.

É possível encontrar tempo para amigos e namorado?
Quando a gente quer, damos um jeitinho. Estou solteira no momento, mas aproveitando muito o tempo com meus amigos, que são jóias raras. Cultivo muito, mesmo. Adoro sair com as amigas para comer comida libanesa e conversar. Conversar muito. Deu para perceber que sou faladeira, né? Também curto muito cinema e teatro, claro. Estou louca para ver Hamlet, com meu amigo Wagner Moura.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS