- Anuncie
- Assine

 
 
 
Televisão // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Os Mutantes
Trama da Record tem boa audiência, mas é repetitiva, arrastada e cheia de lições de moral

Fotos: DIVULGAÇÃO
Samira (Bianca Rinaldi) ficou dias brigando no ar com July (Babi Xavier)

COM MÉDIA de audiência em torno dos 20 pontos, Os Mutantes pode entrar para a história da Record pelos bons índices. Mas também deverá ser lembrada por ser uma das piores novelas já exibidas na tevê.

Continuação de Caminhos do Coração, Os Mutantes narra a saga da Liga do Bem contra seres superpoderosos do mal, em busca de um Arquivo Ômega. Mas o que deveria ser uma aventura é só uma trama arrastada. Uma seqüência em que um lobisomem é dominado por um bebê ficou três dias no ar, com o personagem bamboleando e explicando o que acontecia, porque não há efeito especial que retrate que a criança "interrompeu a comunicação entre o cérebro e as pernas" do vilão.

As lutas lembram cenas de telecatch (luta livre ensaiada), e o elenco não ajuda: não se sabe se por falta de técnica dos atores ou pelas situações que têm de encenar. Bianca Rinaldi, como Samira, ficou vários dias trancada, acorrentada sob a luz de um holofote, repetindo o mesmo gesto e brigando com July (Babi Xavier). A personagem absorve poderes dos outros seres. É forte, rápida, vampira, ou seja, o bicho é ruim. Mas como os outros vampiros da novela, o máximo da interpretação é a fala sibilante.

Porém o pior problema da produção são as infindáveis lições de moral. É difícil ouvir mensagens batidas sobre a força do amor, o valor dos cidadãos de bem. Só mesmo um ser superpaciente para agüentar a ladainha. Aina Pinto


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff - Media Solutions