- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Turismo
A China por Dado Villa-Lobos
Às vésperas da olimpíada, o músico Dado Villalobos conta suas impressões sobre pequim, cidade que visitou duas vezes

TEXTO GABRIEL DEBIA

Fotos: DIVULGAÇÃO
Dado Villa-Lobos e o filho, Nicolau, a bordo de um rikshaw

Apesar de ficar do outro lado do planeta, a China é um território um tanto familiar para o músico Dado Villa-Lobos. Sua mãe, Lucy, morou em Pequim entre 2000 e 2004, ao lado do marido, Afonso Celso Ouro Preto, então embaixador do Brasil na China. Claro que o integrante da extinta banda Legião Urbana não perdeu a oportunidade de conhecer a fundo a terra de Mao Tsétung. Ele esteve lá em duas ocasiões. Em sua primeira ida ao país, em 2000, teceu interessantes impressões sobre a cidade de Pequim: apesar da distância e da discrepância cultural que divide o Brasil do solo oriental, de certa forma encontrou semelhanças curiosas entre a capital chinesa e a maior cidade brasileira. "Por incrível que pareça, Pequim me lembrou São Paulo. Em paralelo a uma imponente metrópole, existem ruas decadentes, gente bebendo cerveja e até jogando dominó", conta. Porém, para Dado, as similaridades param por aí. Da culinária às feiras de relíquias passando pela música, a China é única e o músico permitiuse mergulhar em cada nova e excêntrica descoberta. Entre um show e outro, divulgando seu último trabalho, Jardim de Cactus - MTV Apresenta Dado Villa-Lobos, ele relembra suas idas à cidade que vai sediar os Jogos Olímpicos.

O que é imperdível em Pequim?
Definitivamente, o mercado de antiguidades de Pan Jia Yuan. É uma espécie de mercado das pulgas, que vende de tudo, diversos objetos típicos.

O que achou da exótica culinária chinesa?
Comi escorpião frito e achei bem gostoso. Parece um camarão seco.

Passou por algum contratempo devido à diferença cultural?
Banhei um prato com uma coisa que parecia um azeite. Me enganei feio. Era um molho apimentado tão forte que, de verdade, desmaiei no meio do restaurante.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff - Media Solutions