- Anuncie
- Assine

 
 
 
Música // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







PING-PONG MANÁ
Conquistadores da América
A mistura de romantismo e política rendeu aos mexicanos do Maná o título de maior banda latina da atualidade, com 22 milhões de discos vendidos. A mais recente turnê passou por mais de 100 cidades, incluindo São Paulo, e deu origem ao CD e DVD Arde el Cielo:

Vocês não escondem o posicionamento político esquerdista. Já tiveram problema por isso?
Fher Olvera (vocalista e guitarrista): Quando nos apresentamos na Venezuela, não pudemos falar nada. Hugo Chávez é um ditador, que governa um País que é o quarto maior produtor de petróleo do mundo e onde falta leite para as pessoas.

Houve outro problema durante a turnê?
Não, mas houve coisas boas. No México, o presidente Felipe Calderón foi assistir a um show e gostou tanto que voltou a outros três. Depois, fomos jantar com ele e conversamos sobre políticas ambientais (O Maná tem uma fundação para projetos ecológicos).

Você disse que sua maior vontade é que a banda seja mais conhecida no Brasil. Por que isso é tão importante para você?
Os brasileiros têm muitas coisas em comum com os mexicanos, tem uma gente muito bonita e uma música que é um mosaico cultural.

Nos EUA, o grupo é sucesso. O Brasil é mais difícil?
É uma questão de trabalho e de tempo. Temos um projeto específico, com um artista brasileiro, mas não posso contar ainda o que será.

Estiveram recentemente com o jogador Ronaldo. Há quanto tempo se conhecem?
Desde que ele jogava no Real Madrid, na Espanha. Ficamos amigos, tocamos no casamento dele, que durou só um pouquinho. Quando chegamos ao Brasil, fomos jantar com ele e foi bastante agradável. Aina Pinto

Fotos: DIVULGAÇÃO
Juan Calleros, Fher Olvera, Sergio Vallín e Alex González, do Maná

PING-PONG MANÁ
Conquistadores da América

A mistura de romantismo e política rendeu aos mexicanos do Maná o título de maior banda latina da atualidade, com 22 milhões de discos vendidos. A mais recente turnê passou por mais de 100 cidades, incluindo São Paulo, e deu origem ao CD e DVD Arde el Cielo:

76


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff - Media Solutions