- Anuncie
- Assine

 
 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Hollywood
De Bad boy a Super-Herói
Depois de superar problemas com álcool e drogas, o ator norte-americano Robert Downey jr. dá a volta por cima graças a seu talento e carisma e estrela a superprodução Homem de Ferro

TEXTO BEATRIZ MARQUES, DA CIDADE DO MÉXICO

A curiosidade em torno do filme Homem de Ferro, inspirado no superherói homônimo dos quadrinhos da Marvel, não está somente no fato de este ser o primeiro blockbuster do ano, previsto para estrear no dia 30 de abril no Brasil. Outro foco de interesse é seu protagonista: o polêmico ator Robert Downey Jr. O norte-americano de 43 anos, que concorreu ao Oscar de melhor ator em 1993, por Chaplin, ficou conhecido nos anos 90 como o grande bad boy de Hollywood. Foram inúmeras passagens por clínicas de desintoxicação, prisões e outros problemas decorrentes do uso abusivo de álcool e drogas (veja quadro na próxima página).

DIVULGAÇÃO
Robert Downey Jr. em em Homem de Ferro: "Achei irônico fazer um super-herói aos 40"

De cara limpa desde 2002, Downey Jr. deu a volta por cima no - muitas vezes implacável - cenário hollywoodiano, graças ao seu talento e carisma. A prova final disso foi o convite para estrelar a superprodução Homem de Ferro. "Ele passou por maus momentos e agora está de volta. Teve nas mãos uma oportunidade e a pegou", diz Jon Favreau, diretor do filme. Escalar Downey Jr., como um super-herói dos quadrinhos, não foi uma tarefa simples. "Tive de ouvir todos os tipos de comentários, mas no meu coração sabia que ele era o cara certo", afirma o cineasta.

Outro ponto que não estava a favor de Downey Jr. era a idade. "Eu achei até irônico fazer um super-herói aos 40, enquanto tivemos um Homem-Aranha vivido por Tobey (Maguire) aos 20 anos e um Keanu (Reeves) em Matrix aos 30", comenta Downey Jr. "Mas é bom estar em forma e, se precisar fazer um outro filme, me matarei na academia novamente", completa ele, que surpreende por ser magro e franzino em comparação ao musculoso Homem de Ferro que vive nas telas.

Frustração
Apesar dos obstáculos, há muito em comum entre o ator e o personagem Tony Stark - características que contaram pontos a favor de Downey Jr. Nos quadrinhos, Stark é levado à falência e passa a ter problemas com o alcoolismo. "Mas eu tenho em mente a larga faixa etária de espectadores do filme e que devemos tratar esse e qualquer outro assunto de forma delicada e responsável", diz.

Diferentemente de outras histórias em quadrinhos, Tony Stark escolheu ser um super-herói. "Ele não é picado por uma aranha, nem atingido por um raio. Tony resolve mudar de vida e desenvolve uma roupa para combater o mal", explica Favreau. Downey Jr. também demonstrou momentos heróicos ao redefinir o rumo de sua carreira. "Já pensei em desistir de atuar. Logo após Chaplin, eu fiquei frustrado, acho que porque tinha somente 27 anos". O excesso de trabalho é, para ele, um dos empecilhos da profissão. "Logo depois do Homem de Ferro, gravei Tropic Thunder e The Soloist (ainda não lançados). Penso: quando vou ter minha vida real de volta? A um certo ponto, temos que nos convencer diariamente por que devemos sair da cama", desabafa. "Por mim, gostaria de passar o dia deitado, tomando sorvete."

Tudo indica que o ator ainda não terá o tão desejado descanso. A Marvel está esperando o resultado desta performance e, se tiver sucesso, fará o próximo filme da série.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff - Media Solutions