- Anuncie
- Assine

 
 
 
 
Celebridade // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Marcos Palmeira
BETE BULLARA/ FOTOSSINTESE
Aqui, o ator no início da carreira na televisão, aos 25 anos. Abaixo, hoje, com mais de 30 trabalhos no currículo, mas estreante no papel de pai

Vinte anos se passaram, mas o sorriso e o bronzeado continuam os mesmos. O ano de 1988 foi decisivo na carreira de Marcos Palmeira de Paula. Carioca, filho do cineasta Zelito Vianna e da produtora Vera de Paula, aos 25 anos, o ator estreou na televisão em uma participação na novela Vale Tudo, mas conseguiu se destacar na trama de Gilberto Braga. No mesmo ano, ganhou o Kikito – prêmio mais badalado do cinema brasileiro – de melhor ator coadjuvante, por sua atuação no filme Dedé Mamata. Ao longo da carreira, Marcos falou em diversos sotaques. Foi gaúcho no filme Anahy de las Misiones – que lhe rendeu o prêmio de melhor ator no Festival de Brasília, em 1997 –, e várias vezes nordestino, como em O Homem que Desafiou o Diabo. Hoje com 44 anos, diz estrelar seu melhor papel: O de pai. Júlia, de seis meses, é filha de Marcos Palmeira com a diretora Amora Mautner.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff - Media Solutions