Celebridade • Home• Revista 6/2/2008
Luma de Oliveira
por Aurora Aguiar

PEDRO AGILSON
Em 1990, Luma desfila seminua à frente da bateria da Caprichosos de Pilares
GEORGE MAGARAIAEterna musa do Carnaval carioca, LUMA DE OLIVEIRA ficará mais uma vez longe do posto de rainha da bateria. Eleita no fim da década de 80 como um dos maiores ícones da folia na Marquês de Sapucaí, ela fez história por suas fantasias inusitadas e suas performances à frente da bateria da escola Caprichosos de Pilares. Em 1987, depois de tentar a carreira de atriz, a exmodelo estreou como rainha, na avenida. Posto que só deixaria, temporariamente, em 1991, por conta do nascimento de seu filho Thor. Em 1998, ganhou os noticiários ao desfilar usando uma coleira com o nome do então marido, o empresário Eike Batista. Em 2005 despediu-se da avenida, mas nem por isso deixou de surpreender. Já separada, surgiu à frente da bateria com um colar em formato de algemas – segundo ela, uma referência às mulheres que vivem presas pelo ciúme dos maridos. Hoje, aos 42 anos, prefere passar o Carnaval longe da folia.