Profissão • Home• Revista 26/11/2007
"Não sou mulher de desistir"
Na comemoração da centésima apresentação do espetáculo às favas com os escrúpulos, Adriane Galisteu fala de sua insatisfação no SBT e dos planos de tirar férias com a mãe

TEXTO BIANCA ZARAMELLA

Fotos: FABIANO CERCHIARI
Adriane dá um beijo carinhoso na "madrinha" Bibi Ferreira

Preciso de férias!" disse uma bem-humorada Adriane Galisteu sentada em uma das mesas do restaurante Piselli, em São Paulo, na quinta-feira 15. Já passava da meia-noite quando a apresentadora chegou ao local em companhia da mãe, Ema, para comemorar as 100 apresentações do espetáculo Às Favas com os Escrúpulos, em que atua ao lado de Juca de Oliveira, Bibi Ferreira, Neusa Maria Faro e Daniel Warren, com a direção de Jô Soares. Mesmo cansada, Adriane fez questão de comparecer ao jantar organizado pelos amigos para comemorar também mais uma empreitada de sucesso em sua carreira de atriz. "Não poderia deixar de vir. Queria dar um abraço na Bibi, que é a minha madrinha", disse. No palco Galisteu vive Brenda, secretária de um político de Brasília interpretado por Juca de Oliveira. "Acho que a oportunidade de dividir o palco com eles é única, não posso abrir mão disso. Cada dia é uma aula", conta entusiasmada.

O resultado de tanta dedicação tem seu preço. Desde setembro deste ano, Adriane tem enfrentado sérios problemas de saúde por conta de sua intensa rotina dividida entre as apresentações da peça e as gravações de Charme, seu programa no SBT. No início de novembro, por conta de fortes dores na região do reto, onde fez uma cirurgia para a retirada de um tumor benigno, ela foi substituída às pressas por Patrícia Salvador nas gravações do programa.

A saúde não está 100% e ela ainda vem sendo submetida a avaliações médicas, mas não deixa de cumprir sua agenda de compromissos. "Preciso trabalhar", diz a apresentadora, que não esconde mais a insatisfação com o formato de seu programa, modificado a pedido de Silvio Santos. "Para mim programa bom é todo ao vivo, não tem que ter partes gravadas", diz ela em relação à nova exigência do patrão.

Determinada e profissional, Adriane explica que gostaria de fazer um programa com a sua cara, mas segue as regras impostas por Silvio. Ela também afirma que não pensa em romper o seu contrato com a emissora, que só termina em outubro de 2008. "Não sou mulher de desistir. Não jogo a toalha, não! Sou ariana, minha filha, vou até o fim!", diz ela com a determinação e o profissionalismo que conquistaram o dono do SBT em 2004. Admiradora de Silvio Santos, ela não concorda com algumas das suas decisões. "Às vezes sinto que não posso fazer nada, mas mesmo assim sou profissional e trabalho dentro das minhas possibilidades", afirma.

Férias na África
No curto prazo, ela pretende tirar férias em dezembro, mesmo sem saber se será substituída. Adriane planeja passar seus dias de folga ao lado da mãe, Ema, na África. "Agora só quero cumprir minha agenda e descansar!", disse. Só depois do Carnaval, volta a pensar em uma nova intervenção. "Foi uma cirurgia muito chata e delicada. Vou tratar disso quando voltar." Antes de seguir para o Piselli, Adriane Galisteu passou para dar um beijo no namorado, Fábio Faria, que preferiu esperá-la em casa. "Ele pega vários vôos para me ver toda semana. É difícil segurar esta onda. Ele está indo bem, mas eu não me namoraria", brincou a apresentadora.

Fotos: FABIANO CERCHIARI
"Não jogo a toalha, não! Sou ariana, minha filha, vou até o fim!", diz a apresentadora, que tem contrato com o SBT até outubro de 2008