Televisão • Home• Revista 26/11/2007
FERNANDA VASCONCELLOS
"Qualquer personagem me deixa tensa"
Depois de brilhar em Páginas da Vida na pele de Nanda, Fernanda Vasconcellos é protagonista de Desejo Proibido como Laura, estudante que cultiva amor proibido pelo padre Miguel (Murilo Rosa)

Fábio Torres

Envie esta matéria para um amigo
Fernanda Vasconcellos é Laura, protagonista de Desejo Proibido

Leia também

Cinema
Exposição
Música
Livros
Teatro
Internet
Televisão
Gastronomia

Quem é a Laura?
Ela é uma mulher decidida, livre, que não teme comprar a briga de um amor por um padre. Eu costumo pensar que a Laura tem a força de um vilão e, ao mesmo tempo, a doçura de uma mocinha.

Como encara a responsabilidade de viver uma protagonista de novela das seis?
Não gosto de pensar na responsabilidade. Só quero fazer cada papel como se fosse o melhor. A novela também será capitaneada por gênios como Marcos Caruso, Eva Wilma e Lima Duarte. Graças a Deus, minha responsabilidade está dividida. Só fico ansiosa e nervosa porque é da minha personalidade. Qualquer personagem que eu faça me deixa tensa.

Como se deu a composição da personagem?
Por ser muito forte, a Laura me exige uma entonação mais grave, o que me fez trabalhar bastante a voz. Além disso, equitação. Não sabia cavalgar. Cheguei a cair do cavalo e machuquei um pouco. Trocaram meu cavalo umas três vezes, até me acostumar com um.

O que achou da mudança de visual?
Gostei de cortar os cabelos. E fiz dois permanentes. Estava com medo, diziam que iria estragar o cabelo. Mas estou no segundo, não houve dano.

Teme uma reação negativa dos espectadores ao romance proibido de Laura com o padre Miguel?
Como o amor de Laura e Miguel é muito puro, acho que os espectadores vão aceitar muito bem. Há a questão do proibido, mas é tudo bastante verdadeiro, e por isso não temo preconceitos.