Clique para ver a capa ampliada

EDIÇÃO 99
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 AGITO
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA
 

 

FUNK

25/06/2001

Mensageiro da Paz
Funk carioca de raiz volta com força total em CD de
Gerson King Combo

Paula Alzugaray

King Combo: disco novo depois de 23 anos sem gravar

Quando surgiu nos anos 70, como porta-voz do mítico Movimento Black Rio, Gerson King Combo redigiu de próprio punho os dez mandamentos da cultura negra. Vinte e três anos depois de lançar seu segundo e último LP, Combo volta à cena musical para colocar em prática seus “Mandamentos Black” e mostrar como se faz o autêntico funk brasileiro.

Seu mandamento número um, “Dançar”, é exaltado da primeira à última faixa do CD Mensageiro da Paz. Aos 56 anos, Gerson Combo continua produzindo um balanço funk’n’soul de alta qualidade, com fidelidade à “matriz” norte-americana e genuíno sotaque carioca “da Praça Mauá”. Munido dos ótimos arranjos da banda Clave de Soul e bem acompanhado por um coro feminino de alcance gospel, Combo não mistura samba com soul – para ele, os ritmos são como “azeite e vinagre”.

No contra-fluxo da tendência de miscigenação musical, o compositor mantém-se fiel à origem soul. Desse território, só abre guarda para o beat afro de “Força e Poder”, com participação de Tony Garrido, do Cidade Negra, e para um canto com ginga rap na balada romântica “Brigas”.

Conhecido por discursar sobre a base melódica do funk – conquistando daí o título de precursor do rap nacional –, King Combo continua colocando seu funk nervoso a serviço da mensagem. Seu quinto mandamento, “Falar como fala um black”, é seguido à risca no discurso conciliatório de suas letras. A pregação da paz e da tolerância só muda de tom em “Desce Daí”, na qual ataca o preconceito e dirige-se frontalmente aos neonázis e pit bulls carecas. Puro, sem misturas

I-CHING
RUNAS
VIDENTE
NUMEROLOGIA
TARÔ ONLINE
HORÓSCOPO
 
ENQUETE
Durante a Parada Gay em São Paulo, a prefeita Marta Suplicy propôs a criação de uma Semana Gay. Você é a favor dessa idéia?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O ano começou cheio de separações de pessoas famosas como o casal Suplicy, Eliana e Justus e agora Fábio Jr. e Patrícia de Sabrit. Será que o casamento é uma instituição falida ou celebridades são mais suscetíveis às separações? Dê sua opinião
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala


| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três