Clique para ver a capa ampliada

EDIÇÃO 95
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 ENSAIO FOTOGRÁFICO
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 AGITO
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 CLICK
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 MODA
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 TRIBUTO
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA
 

por Marcelo Zanini

Ronald Leite Rios
Criador da Velha Surda. do programa A Praça É Nossa, Roni Rios morreu, aos 64 anos, de câncer linfático

Ennio Brauns/Divulgação
O veterinário Roni Rios (acima) e duas de suas principais criações para a televisão, Philadelpho e a Velha Surda, ambos exibidos pelo SBT

O humorista Ronald Leite Rios, o Roni Rios, morreu, aos 64 anos, de câncer linfático na manhã de quarta-feira 16, em São Paulo. Desde 27 de abril, o ator permanecia na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Oswaldo Cruz, onde foi internado no dia 3 de janeiro. Roni Rios foi o criador e intérprete de personagens marcantes da televisão brasileira. A mais importante delas foi Bizantina Scatamáfia Pinto, a Velha Surda, personificada por Rios pela primeira vez em 1956, no programa Praça da Alegria, de Manoel da Nóbrega, na extinta TV Tupi.

Nos anos 60 foi com Nóbrega para a Globo e, depois com seu filho, Carlos Alberto de Nóbrega, entrou para o SBT em A Praça é Nossa, onde ficou por 14 anos. Além da Velha Surda, criou Philadelpho e Seu Explicadinho, famoso pelo bordão “nos mínimos detalhes”. Roni Rios era também veterinário e presidia o Sindicato dos Médicos Veterinários de São Paulo. Em 2000, foi diretor do Sindicato dos Artistas.

Entre seus projetos estava a apresentação de um programa rural numa emissora do interior de São Paulo. Deixa mulher, Maribel Íria Pinto, e um filho, Cassiano Ricardo.

Próxima >>

RUNAS
VIDENTE
NUMEROLOGIA
TARÔ ONLINE
HORÓSCOPO
 
ENQUETE
O que você pensa do beijo da telinha?
• Beijo é beijo
• É para valer
• É apenas jogo de cena
• É técnica que se aprende em aula
• Há atores que beijam de verdade e outros de mentira
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O músico Zeca Baleiro acha que o Brasil da lamparina deixará a vida mais poética, com mais luar e menos tevê. O que você pensa a respeito do apagão?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala


| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três