CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 MULTIMÍDIA
 SEÇÕES
 REPORTAGENS
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 EXCLUSIVAS
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 CLICK
 QUIZ
 BUSCA
 

26/02/2001

HOLLYWOOD

Patricinha de Beverly Hills
Neta da empresária Stella Barros, Claudine Barros faz
filme nos EUA e estuda na escola para atores mais
badalada de Los Angeles

Marianne Piemonte

Piti Reali
Claudine: “Quero ser a próxima Sônia Braga”

Ela passou a infância viajando para a Disney com Vovó Stella. Não que fosse uma aficionada por Mickey Mouse, mas por ser neta de Stella Barros, dona de uma das principais agências de turismo do Brasil, Claudine Barros nunca dispensou a Flórida nas férias.

Aos 17 anos, rendeu-se de vez à América, em nome da brejeirice brasileira. Isso mesmo. Claudine não tem longas madeixas nem é da cor de canela mas foi cursar cinema na Universidade de Miami pelo sonho de se tornar uma Gabriela de Jorge Amado. “Quero ser a próxima Sônia Braga”, diz ela.

Aos 26 anos, nove deles nos Estados Unidos, ainda não atingiu a meta mas é a única brasileira no filme Cara, Onde Está Meu Carro? (Dude, Where’s My Car?) que estréia sexta-feira 23 no País. A produção é estrelada pelos adolescentes sensação Seann William Scott, que atuou em American Pie, e Ashton Kutcher, do seriado That’s 70’s Show.

Depois de quatro anos em Miami, Claudine (pronuncia-se Clodine) se casou com o ator americano Leonard Edelstein. Conheceram-se na faculdade e formaram um casal cubano no filme Drifting. A atriz converteu-se ao judaísmo e depois da troca de alianças em uma sinagoga de Miami há três anos, mudou-se para Los Angeles. Eles moram em Sherman Oaks, próximo dos maiores estúdios de Hollywood.

Lá, ela freqüenta a badalada escola para atores Beverly Hills Playhouse, por onde passou Michelle Pfeiffer e onde estudam Bruna Lombardi e Carlos Alberto Riccelli. Seu primeiro contato com as câmeras foi aos 15 anos, quando apresentou o programa Viagem, comandado por José Amâncio, atual diretor do programa Eliana e Alegria, na Record. “Além de ter o jeito brejeiro da mulher brasileira, ela estuda muito. Vai crescer”, prenuncia Amâncio.

Dos filmes de Sônia Braga, Claudine viu Dona Flor e Seus Dois Maridos. Diz admirá-la por ser a brasileira que mais fez sucesso no Exterior. E é nisso que busca inspiração. “Vou levar o meu estilo latino para o cinema americano”, planeja.

Comente esta matéria

 


Horóscopo
ENQUETE
Qual é a sua musa preferida:
::Votar::
 
FÓRUM
O que você achou da história do ex-homossexual Paulo Trindade Júnior, que voltou a assumir a identidade masculina após tornar-se evangélico?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A
NEWSLETTER

| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três