CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 MULTIMÍDIA
 SEÇÕES
 REPORTAGENS
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 EXCLUSIVAS
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 CLICK
 QUIZ
 BUSCA
 

19/02/2001

Revelação
DEBORÁH FALABELA


Um anjo de chiquitita
Ex-chiquitita, a atriz mineira de 21 anos vem de família de artistas, ouve conselhos do pai e rouba a cena na novela Um Anjo Caiu do Céu, da Globo

Marcia Montojos

Sidnei Rodrigues
 
  Déborah Falabella: "chama de grande atriz"

Entre nomes consagrados da televisão, um rosto de menina sapeca tem roubado as atenções em Um Anjo Caiu do Céu, novela das sete da Rede Globo. É Déborah Falabella, que no papel de Cuca, uma jovem rejeitada pelos pais, vem conquistando o público e colegas de elenco. “Apesar de ser novinha ela é talentosíssima. Tem presença, tem a chama de grande atriz”, elogia Christiane Torloni, sua mãe na trama.

Aos 21 anos, Déborah está em sua terceira novela. Estudante de teatro desde os 14, cursava o terceiro período da faculdade de publicidade quando a Rede Globo foi procurar rostos novos para o elenco de Malhação em Belo Horizonte, sua cidade natal. Aprovada nos testes, abandonou o curso e seguiu para o Rio de Janeiro onde estreou no vídeo em 1998.

A veia artística de Déborah é herança de família. Sua mãe, Maria Olympia, é cantora lírica e seu pai, Rogério Falabella, é publicitário, diretor de teatro e ex-galã de tevê da emissora Itacolomi, em Minas.

“Desde os dois anos ia ao teatro e às exibições do coral em que minha mãe cantava”, diz Déborah, que sempre teve vontade de ser cantora. Ela chegou a estudar canto, mas por medo das comparações com a mãe, desistiu das aulas. “Morria de vergonha de cantar na frente da minha mãe”, lembra.

Segundo ela, a maior influência para atuar vem da irmã mais velha, Cíntia, também atriz e publicitária em Minas. Mas é o pai, que a dirigia em comerciais, quem acompanha sua carreira mais de perto. “Ligo para ele para discutir cenas da novela. Ele é crítico e reclama quando estou com sotaque mineiro forte”, diz ela.

Convidada pelo SBT para integrar o elenco de Chiquititas no ano passado, a atriz se mudou para Buenos Aires, onde viveu por quase um ano. Adorou a experiência de morar sozinha e voltou para o Brasil falando espanhol. Para amenizar a saudade, cozinhava em casa comida brasileira.

“Na hora que a fome apertava apelava para a farofa à mineira, uma delícia”, conta ela, que chegou a levar alguns sacos de farinha para a Argentina. Numa noite, enquanto preparava o jantar em seu apartamento no tradicional bairro da Ricoleta, o telefone tocou e surgiu o convite da Globo. Para compor a personagem ela teve de cortar os cabelos.

Instalada num apart-hotel na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade, Déborah diz ter muita saudade dos pais, mas não tem motivos para se sentir sozinha: há um mês namora o ator Daniel de Oliveira, o Marquinhos, de Malhação. “Ele também é de Minas, temos muitas afinidades, gostamos de comida mineira e de atuar”, conta ela, acrescentando que não tem qualquer parentesco com o ator Miguel Falabella. “Nem o conheço.”

Comente esta matéria

Horóscopo
ENQUETE
Você concorda com a nova prefeita de Olinda, que proibiu o axé no carnaval da cidade e promete multar os foliões infratores?
• Sim

• Não

 
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O que você diria para Xuxa nesse momento difícil?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A
NEWSLETTER

| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três