CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 MULTIMÍDIA
 SEÇÕES
 REPORTAGENS
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 EXCLUSIVAS
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 CLICK
 QUIZ
 BUSCA
 

Ping-Pong

19/02/2001

Roberto Mendes

Cassia Dian

Quase 28 anos de estudos. Foi esse o tempo que Roberto Mendes dedicou para compreender a chula, manifestação cultural e musical característica do Recôncavo baiano, e preparar um CD de traduções e revelações. “E acho que deveria ter pesquisado mais um pouquinho”, acredita o baiano de Santo Amaro da Purificação, terra de Caetano Veloso.

Como começou sua paixão pela chula?
Eu cresci ouvindo. Isso faz parte de meu povo, minha terra. E é uma tradição tão rica, que merecia esse estudo. Acho até que deveria ter pesquisado ais um pouquinho, mas fiquei com medo de que essas canções, muitas de domínio público, caíssem nas mãos de desavisados.

O que poderia acontecer?
Os versos são ingênuos. Pode virar um pagode, por exemplo. Imagina o
que não fariam com algo como “Meu boi Ceará/ Meu boi Ceará/ Você só namora/ E eu só namoro/ Você só namora/ Quando eu namorar”.

Estas tradições são pouco preservadas?
Sim. Mas o dever de preservar a cultura de um povo é do Estado. A indústria cultural quer apenas lucrar com os produtos. Mas devo ressaltar que o governo da Bahia sempre me apoiou, inclusive neste projeto.

O que acha das músicas que a Bahia tem apresentado?
A Bahia virou um caos. Ela brincou demais com sua cultura. Houve um descuido, e as pessoas ficaram reféns do sucesso. Acabaram com o axé, que é belíssimo, e transformaram nisso que chamam de axé music. Mas ainda existe uma corrente muito positiva e criativa na Bahia. Essa é eterna, a outra é que é provisória.

Os jovens do Recôncavo cultuam a chula?
Muito pouco. Quando eu era menino era diferente. Hoje, os adolescentes do Recôncavo querem tocar pagode. É uma pena. Mas é esse o resultado do que chamamos de globalização, imposta, principalmente, pela televisão.

 Cinema
Amor à Flor da Pele
Chocolate
O Tigre e o Dragão
Brasil no Oscar
Zhang ZiYi
Planeta Vermelho
Bilheteria
 Livros
O Amor Secreto
Os Caçadores de Sonhos
Gatão Apaixonado
Paola Calvetti
Best-sellers
 Música
Bahia do Mundo – Mito e Verdade
Human
Pérolas 2 em 1
Roberto Mendes
Tradução – Roberto Mendes e Convidados
Hits
 Televisão
Notícias de Domingo
Folia na poltrona
Novo Mais Você
Ibope
Fique de Olho
 Teatro
Honra
 Exposição
Antonio Dias – O País Inventado
Maria Clara Rodrigues

Horóscopo
ENQUETE
Você concorda com a nova prefeita de Olinda, que proibiu o axé no carnaval da cidade e promete multar os foliões infratores?
• Sim

• Não

 
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O que você diria para Xuxa nesse momento difícil?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A
NEWSLETTER


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três