CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 MULTIMÍDIA
 SEÇÕES
 ESPECIAL
 REPORTAGENS
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 EXCLUSIVAS
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA
 
 

29/01/2001

Fama

Babás de astros - continuação

Ana Cristina Aleixo
Adriana: briga com a família por ficar à disposição dos astros

“QUASE DESMAIEI” Enquanto para Adriana ser intérprete do grupo Oasis e de Sheryl Crow não passou de trabalho, Daniela Mel ficou feliz como tiete quando foi apresentada ao vocalista da banda U2, em janeiro de 1999. “Quase desmaiei ao ver o Bono Vox”, suspira.

Antes que ele entrasse no palco, ela ensinou algumas palavras em português para ele falar no show e acompanhou da primeira fila a performance do aluno. “A cada palavra que ele dizia olhava para mim como se estivesse pedindo aprovação”, lembra emocionada.

Por ter sido fã, Daniela procura ajudar os admiradores que seguem os passos dos artistas, ávidos por um breve sorriso ou um aperto de mão. “Peço que eles dêem autógrafos e fico brava quando maltratam as garotas”, conta.

Atitudes que, segundo o manual de bons modos dos intérpretes, estão proibidas. “É importante não se envolver com os artistas e nem com a emoção dos fãs”, aconselha Tonia. Adriana leva à risca essa norma. “Não sou contratada para pedir coisas aos artistas, mas para que eles peçam coisas para mim”, explica. E garante que nunca facilitou a vida de um amigo. O máximo que fez foi entregar camisetas ou discos para autografarem. “Acho essa coisa de tietagem meio cafona”, resume.

A estrela dos bastidores

Beto Tchernobilsky
Amin na porta do camarim no Rock in Rio 3

Quem conheceu o estudante carioca que matava aulas, pegava três ônibus para atravessar a cidade e ficar na porta da casa de Gal Gosta, na estrada do Tambá, esperando apenas vê-la passar ou recolher a guimba do cigarro que ela jogasse fora, não reconheceria Amin Khader, 44 anos, o chefe dos camarins das estrelas do Rock in Rio 3. O fã fervoroso deu lugar a um profissional sereno, responsável pelo bem estar dos astros e pronto para atender às exigências mais esdrúxulas.

Graças aos longos plantões em frente à casa de Gal, em 1974, Amin passou a conhecer os empresários da cantora. Quando precisaram de voluntários para colar cartazes de um show de Caetano no postes da cidade, ele foi um dos escolhidos. “Pedi para minha mãe fazer cola de farinha e saí determinado de casa”, lembra. A partir desse dia, Amim foi integrado à equipe da cantora baiana e depois tornou-se secretário pessoal dela.

Fotos: Arquivo Pessoal

Amin Khader com Julio Iglesias e Chico Buarque: celebridades desde 1974

Em 1985, foi convidado por Luís Oscar Niemeyer, atual presidente da gravadora Warner no Brasil, para comandar os camarins do primeiro Rock in Rio. Era ele quem esquentava o sakê de Freddy Mercury a 20 graus, minutos antes do líder do Queen chegar ao camarim.

Foi o responsável por 30 tipos de pratos da comida kosher (preparada segundo preceitos da religião judaica) no camarim de George Michael. “O pior é que depois de correr o Rio atrás de uma sinagoga para benzer toda aquela comida, eles só consumiram dois pratos”, lembra.

Na linha exagerados, o líder dos Guns N’Roses, na opinião de Amin, tem lugar garantido. Axl Rose solicitou 30 pratos de fetuccine para depois da apresentação, mas como a equipe foi embora o vocalista convidou as camareiras e os seguranças para jantar.

Mesmo tendo de agradar os astros sem falar inglês, Amin impõe limites às exigências deles. “O Axl queria água vulcânica no camarim, eu disse que não existia isso no Brasil. Então, eles trouxeram junto com os equipamentos”, contou. Acostumado às excentricidades das estrelas, surpreendeu-se com a diva Whitney Houston: “Ela pediu 24 ovos cozidos no camarim e consumiu todos”, diverte-se.

<<Anterior

Comente esta matéria

 


Horóscopo
ENQUETE
Você toparia ser babá de astros internacionais em visita ao Brasil:
 • Claro!

 • Sim, mas desde que eu seja fã

 • Nem pensar!
 
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O que o técnico Leão deve fazer para melhorar a imagem e o desempenho da seleção?
FÓRUM
O que você acha das atitudes do rapper e líder comunitário MV Bill, acusado de fazer apologia do crime ao gravar clipe numa favela em meio a cenas reais de violência?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A
NEWSLETTER

| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três