CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 MULTIMÍDIA
 SEÇÕES
 ROCK IN RIO
 REPORTAGENS
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 QUEM SOU EU?
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 EXCLUSIVAS
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 CLICK
 URGENTE
 BUSCA
 
 

Marina de Sabrit

22/01/2001

“Espero dar certo como sogra” - cotinuação

André Moura

“Há três dias provo doces para o casamento e não engordei um grama. Como bem, mas evito gorduras, frituras”

Você foi namoradeira?
Fui. Até me casar, tive uns oito namorados. Comecei a namorar com 14, 15 anos. E na época não tinha essa história de ficar. Tinha de namorar, pegar na mão, dar beijo. Vim para São Paulo com 13 anos, nasci em Brusque, Santa Catarina. A avó do (tenista) Guga, dona Olga, é muito amiga da minha mãe. Outro dia jantei com o Guga, ele é muito simpático.

Gosta de estar no meio de gente famosa?
Hoje não me importo mais. Por isso, não quis fazer um casamento com ares de show. Patrícia está casando porque gosta do Fábio Jr. e ele dela. Tenho certeza de que é verdadeiro. Se fosse para fazer uma cerimônia para quarenta pessoas, eu concordaria. Na condição de ídolo maior que ele é, acho que o público deve ver. Ele é um artista e deve satisfação aos fãs. Mas casamento é algo muito importante na minha família. Não é uma brincadeira. Ela está se casando para sempre.

Mas Fábio já teve quatro casamentos. Não acha que esse pode ser mais um?
Fábio é um homem inteligente, se já passou por quatro casamentos, hoje é um homem maduro e sabe o que faz. Ele está decidido, sabe a mulher que escolheu. Fico com pena dos outros que não pediram a mão de minha filha antes.

Tinha medo que Patrícia ficasse solteira?
Não, candidatos nunca faltaram. Patrícia sempre foi uma menina assediada, querida. Fábio Jr. é um homem inteligente por ter escolhido minha filha. Quem conhece a Patrícia, vê que ela é equilibrada, adorável, bem-humorada, espirituosa, disciplinada e ambiciosa. Talvez não seja uma boa cozinheira, mas sabe administrar. Na cozinha, o que sei fazer, faço bem. Aprendi com minha sogra francesa. Quando casei, me preocupava em agradar meu marido porque, para francês, a boa comida é fundamental. É ele quem está preparando o cardápio do casamento. Cozinho bem pão de peixe, um prato francês frio superfácil de fazer.

É vaidosa?
Geneticamente sou uma privilegiada. Tenho 1,75 metro de altura e estou com menos de 62 quilos. Há três dias provo doces para o casamento e não engordei um grama. Como bem, mas evito gorduras, frituras. Há pouco tempo, fiz lipo na barriga nos Estados Unidos. Além disso, ando com meus cachorros todos os dias e nos finais de semana faço esqui aquático.

O que realmente aconteceu no jantar com o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, em Paris, ano passado?
Eu o conheci na festa de meu aniversário aqui em casa, ano passado, e depois jantamos em Paris. Ele e a Nicéa vieram à minha festa. Depois, jantamos com uns amigos aqui em São Paulo, ele falou que ia para Paris e convidou todo mundo. A Globo estava no local e eu não sabia. Se soubesse, não jantaria com ele. Não procuro sarna para me coçar.

Seu marido é ciumento?
Ele sabe com quem está lidando. Acha que ele ia ficar a vida inteira se tivesse alguma dúvida? Apesar da aparência, sou supersubmissa. Quem manda na casa é o meu marido. Quem manda em mim é ele.

Como você vê a cidade em que mora depois do governo Pitta?
Todos nós sabemos como está. Poderia estar melhor.

Acha a prefeita de São Paulo uma mulher elegante?
Acho. De postura, tudo. Como é que uma mulher pode ser tão eficiente e se preocupar tanto com a elegância? Com o tempo que ela tem, é uma mulher elegante. Deve ter um personal stylist. Dentro do seu padrão, dou nota dez.

Ainda é uma mulher da noite, de festas?
Não. Nos anos 80, ia a boates em São Paulo, mas nunca vi o sol nascer dançando. Eu brilhava porque sou grande, tinha o cabelo igual ao da Farrah Fawcett, das Panteras. Meu cabelo é bonito, modéstia à parte. Vou ao cabeleireiro a cada dois meses e faço as unhas toda semana, por uma questão de higiene. Mulher tem de se cuidar. Beleza é um hábito, não dádiva. É raríssimo uma mulher linda 24 horas por dia.

Quis ser modelo na juventude?
Em 1973, um fotógrafo, ex-namorado da Brigitte Bardot, me viu numa boate em Paris e pediu para fazer umas fotos para a Vogue. Me arrependo até hoje por não ter aceitado.

Como se define atualmente?
A sogra do Fábio Jr. é uma mulher regrada. Sou o oposto daquilo que parece. Antes de tudo, amo minha família, meus filhos, meus cachorros. Tenho um casamento de 26 anos, dei supercerto até agora. Espero dar certo também como sogra.

<<anterior

Comente esta matéria

 


Horóscopo
ENQUETE
Qual a melhor edição do Rock in Rio?
 • Rock in Rio, em 1985

 • Rock in Rio II, em 1991

 • Rock in Rio III, em 2001
 
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O governador de São Paulo Mário Covas deveria afastar-se do cargo para cuidar da saúde?
FÓRUM
Qual o motivo do fracasso de audiência da minissérie Os Maias?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A
NEWSLETTER


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três