CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 MULTIMÍDIA
 SEÇÕES
 REPORTAGENS
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO
  SECULO
 EXCLUSIVAS
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA


Ouça trechos da entrevista com Leão Lobo
parte 1 parte 3 parte 5
parte 2 parte 4 parte 6

Televisão

 

Campeões da fofoca
Nelson Rubens, Leão Lobo e Sônia Abrão ocupam o mesmo horário na tevê e conquistam audiência com histórias sobre a vida de artistas e celebridades

Rodrigo Cardoso

Gabriel Lindoso
Leão Lobo teve um reajuste salarial e ganhou um programa da Gazeta

Eles são para os programas femininos o que a Feiticeira Joana Prado é para a Bandeirantes e o que o galã Reynaldo Gianecchini tem sido para a Globo: garantias de audiência. Quando aparecem no vídeo, o ibope dobra, triplica, às vezes, até quintuplica.

Não que suas silhuetas prendam a atenção do público. Muito pelo contrário. Ao invés de um seio avolumado ou de um tórax desnudo usam a língua afiada como ganha-pão. Eles ocupam com sucesso as tardes da tevê brasileira, revelam a vida íntima de artistas e são popularmente conhecidos como fofoqueiros. “Já peguei o programa com 2 pontos e o entreguei com 11”, conta Nelson Rubens, que “destila seu veneno” no Note e Anote, da Record. “Ninguém quer apenas aprender a fazer lingüiça.”

Como Nelson Rubens, Leão Lobo e Sônia Abrão alavancam a audiência da Gazeta e Rede TV!, respectivamente. “Vivemos um novo ciclo: o da fofoca eletrônica. A tevê descobriu a força da fofoca”, afirma Sônia, que foge do rótulo de fofoqueira. No início do mês, Leão tomou um susto ao ser chamado para uma conversa com a direção de sua emissora. Teve o salário reajustado para R$ 25 mil e ganhou um programa, com duas horas de duração aos sábados, com estréia prevista para novembro.

A promoção tem explicação. Mesmo com a troca de apresentadoras – Claudete Troiano deu lugar à Márcia Goldschimidt – são os fuxicos de Leão que garantem os maiores picos de audiência (7 pontos) ao programa Mulheres. Tanto que pela primeira vez Leão foi contratado por duas empresas para fazer merchandisings ao vivo. “Leão é nossa grande aposta”, diz Silvio Alimari, superintendente geral da Gazeta. “Falará da vida alheia num programa que mistura games e música.”

Silvana Garzaro
Para Sônia Abrão, da Rede TV!, vivemos um novo ciclo: o da "fofoca eletrônica”

Leão, conhecido como “Novelino” na adolescência, diz que seu trabalho é contar as notícias não oficiais da tevê. Faz isso desde 1984, quando estreou uma coluna num jornal paulista. “Um dia a Nair Belo disse que adorava minhas fofocas. Aí, me toquei que tinha virado fofoqueiro”, lembra Leão.

Além de elogios, o jornalista coleciona dores-de-cabeça. Certa vez, ao noticiar que o BMW azul do jogador Marcelinho Carioca virava noites na garagem do condomínio de Carla Perez, Leão irritou o craque.

O jogador desmentiu a notícia, dizendo que possuía uma Mercedes branca. “Na mesma semana, o segurança bateu o carro do Marcelinho. Sabe qual era o modelo? Um BMW azul”, lembra Leão. “Recentemente, o empresário dele me disse: ‘As fofocas que você contou sobre meus jogadores são verdadeiras. O Marcelinho teve mesmo um caso com a Carla Perez’.”

GAY Sônia Abrão, que remodelou o programa A Casa é Sua para falar por mais tempo sobre os bastidores do meio artístico, conta que aprendeu a fofocar “na porrada”. Nos anos 80, quando o apresentador Sérgio Mallandro lançava um boneco homônimo, ela noticiou: “Agora vamos ter dois babacas”. Dias depois, ao se encontrarem nos corredores do SBT, a confusão foi armada. “Ele partiu para cima de mim”, conta ela. “Queria me bater e o pessoal do deixa-disso me salvou.”

Beto Tchernobilsky
Nelson Rubens já quintuplicou a audiência do Note e Anote, da Record

Os desentendimentos são do dia-a-dia dos fofoqueiros. Mas apenas Leão sofreu na justiça por causa da língua afiada. No início do ano o ator Thiago Lacerda o processou, mas o caso foi encerrado por falta de provas.

Luciano Szafir, que pede R$ 840 mil de indenização por danos morais, é seu mais recente algoz. Leão noticiou que um famoso apresentador morava com seu personal trainer.

“Depois dessa notícia uma repórter perguntou ao Szafir se ele era gay”, conta Leão. “Szafir falou para ela assistir ao filme Shampoo que teria a resposta. Nele, o ator Warren Beatty vive um cabeleireiro que finge ser gay para transar com a mulher do patrão. Então...? É ele quem está falando!”

Nelson Rubens, que acredita ter voz de fofoqueiro, é vítima do próprio sucesso. Prestes a lançar um site sobre fofoca na internet, ele soube que os endereços eletrônicos nelsonrubens.com.br, nelsonrubens.com e euaumentomasnaoinvento (bordão de Nelson).com.br já foram registrados. “Sabia que o padre Marcelo pagou R$ 120 mil a uma pessoa para ter o endereço padremarcelo.com. br?”, diverte-se ele, fofocando, claro.

Homenagem a Giba Um
O jornalista Gilberto Di Pierro, 58 anos, o Giba Um, acaba de acrescentar mais um título ao seu extenso currículo: o de pai da fofoca no Brasil. A homenagem foi conferida pela Associação dos Pioneiros da Televisão, uma entidade formada por profissionais veteranos em tevê. Giba Um foi o primeiro a noticiar em colunas sociais detalhes sobre a intimidade de artistas. “A fofoca é o ópio do desesperançado”, diz ele (ao lado entregando um troféu a Roberto Carlos, em 1970). “Hoje, não agüento mais ouvir falar sobre teste de DNA.”
Foto: Divulgação

Leia Também

Andréa No Limite A festa da
loba má

Campeões
da fofoca

Artistas em
campanha

Daniela Escobar
O preço de um
bom papel

Elas querem
descamisados

Felipão é
o preferido

O profeta brasileiro

Cabo Luiz Carlos
Mas pode chamar
de Maria Luiza

Tumor em Marlene abala Xuxa

A passarela da
beleza em Sydney

Tintim para
Patrícia Coelho

Horóscopo

ENQUETE
Qual é o seu fofoqueiro preferido?
Leão Lobo
Nelson Rubens
Sonia Abrão
FÓRUM
Você concorda com as Forças Armadas
que podem aposentar
o cabo e transexual
Luiz Carlos?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A
NEWSLETTER

| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três