Foto: Leandro Pimentel
Foto: Leandro Pimentel
Sandra e
Adriana
Vôlei de
Praia

Uma liga de ouro e prata

Sandra Pires, 27 anos, ouro em Atlanta ao lado de Jackeline Silva. Adriana Samuel, 34, irmã de Tande, prata em Atlanta na companhia de Mônica Rodrigues. As adversárias de 1996 uniram-se no ano 2000. E almejam outra medalha em Sydney.

Desde que se juntaram, há dois anos, a dupla administrou suas diferenças com competência. A roupa suja foi lavada dentro de casa. Sandra é brava, impulsiva, fala o que pensa. Adriana é estressada. Mas há afinidades. Ambas são dedicadas e perfeccionistas.

Essa união produziu resultados positivos. Elas foram campeãs brasileiras de 1999. “A vitória é importante na longevidade do time”, diz Adriana. “A derrota expõe as dificuldades.” A dupla treinou cerca de seis horas por dia para apurar a preparação física, tática e mental. E fizeram o pacto em busca do momento mágico na Austrália. “A felicidade conspira a favor”, acredita Sandra, a porta-bandeira da delegação brasileira no desfile de abertura das Olimpíadas.