CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA


Cinema

Florinda filma o Ceará
A atriz Florinda Bolkan, que estrelou 50 filmes na Itália, escolhe sua terra natal como cenário de sua primeira experiência como diretora de cinema

Luís Edmundo Araújo

Edison Vara
“Eu quis mostrar o Ceará moderno, que recebe gente do mundo inteiro”,
diz Florinda Bolkan

Em 1967, o cineasta italiano Luchino Visconti conheceu uma jovem brasileira, tirou uma foto dela e disse: “Com esse rosto, é loucura você não fazer cinema”. Três dias depois, ela deixou para trás o sonho de ser aeromoça para atuar ao lado de Marlon Brandon e Richard Burton no filme Candy, do francês Christian Marquand. Hoje, a fotografia ilustra o site na internet da cearense Florinda Bolkan, que estrelou 50 filmes na Itália, onde mora há 33 anos. Ela esteve no 28º Festival de Cinema de Gramado, em junho, acompanhando o desempenho de Eu Não Conhecia Tururu, seu primeiro trabalho como diretora.

Nascida em Uruburetama, cidade na serra cearense vizinha a Tururu, a menina Florinda Bulcão tinha uma vida confortável. O pai, José Pedro Soares Bulcão, foi deputado estadual duas vezes e a mãe, Maria Hosana, era proprietária rural. A atriz tem pouco em comum e até se incomoda com a imagem de miséria que costuma ser associada a sua terra natal. “No filme quis mostrar o Ceará moderno, que recebe gente do mundo inteiro”, explica.

Se o filme de Florinda fosse sobre sua carreira, não faltaria enredo. “Depois de 30 anos, contaria histórias sensacionais, mas quis fazer sobre o Ceará.” A atriz costumava aparecer em manchetes dos tablóides, que lhe atribuíam numerosos casos de amor. Além dos filmes, protagonizou discussões com diretores e colegas. Mas não esconde que aprendeu muito com quem trabalhou. De Vittorio De Sicca, o espírito de brincar com a tragédia, de Luchino Visconti, o amor pela música clássica. “É como se te botassem na corte de Luís 14. Você acabaria saindo de lá com um certo conhecimento do que é elegância.”

Vivendo em Braccano, a 50 quilômetros de Roma, ela não pensa em morar no Brasil. Mas não corta os laços com o seu Estado. Além da casa em Fortaleza, a atriz tem propriedade na Praia de Quixabá, perto de Canoa Quebrada, no Ceará. “É o melhor forró do mundo, e adoro dançar.”

 

Leia Também

Wanderley Luxemburgo na marca do pênalti

A fada perde brilho

Maternidade acidental

A volta da guerreira

O mestre da bola

A vez do professor

Florinda filma o Ceará

Myriam Rios e suas heranças

Entre a tela e a ribalta

Medos e desejos de Daniela Mercury

Romântico a toda prova

Bem longe de Menina Veneno

Em nome do pai

O caçador de dinossauros

Pintando no set

Engraçado por natureza

Empresária do amor

O outro lado do crime

ENQUETE
O técnico da seleção brasileira, Wanderley Luxemburgo, deve ser demitido?
Sim
Não
FÓRUM
As denúncias da ex-amante podema afetar o desempenho do técnico Luxemburgo
à frente da seleção?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A NEWSLETTER


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três