CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA


Entretenimento

Fabbrica 5
Programa de tevê é criado para promover casa noturna paulistana

Divulgação
O promoter e apresentador Klaus Ebone e suas “operárias”

Paula Alzugaray

Associados no projeto Fabbrica 5, Gugu Liberato e Miguel Falabella juntaram a fome com a vontade de comer. O banquete em questão é uma estratégia de marketing inédita na televisão brasileira: um programa de tevê criado especialmente para promover uma casa noturna recém-inaugurada no bairro da Mooca, em São Paulo.

Falabella montou a boate e Gugu produziu o programa, que será transmitido ao vivo toda sexta-feira a partir da meia-noite na TV Gazeta. O promoter Klaus Ebone, também sócio, foi convidado para estrear como apresentador de tevê. A fórmula do trio de empresários transforma a casa noturna em uma espécie de parque de diversões interativo para seus freqüentadores. Lá, você canta no videokê, dança na pista, come na pizzaria, dá um trato no visual no salão de beleza e surfa nos monitores plugados na internet. Se tiver sorte de cruzar com o apresentador Klaus Ebone, ainda sai na tevê e manda um recado para a turma do seu bairro. O que fica comprometido é o entretenimento de quem está em casa, afundado no sofá na sexta-feira de madrugada.

Fábricca 5, o programa, se propõe uma coluna social em tempo real (onde entra todo mundo: de famosos a anônimos) com direito a roteiros culturais da cidade e mulheres bonitas (as “operárias”, turma de modelos de shortinho que cercam o apresentador). Na prática, o que se viu na estréia, foram entrevistas longas demais para poucas novidades. A promessa de roteiro ficou reduzida às dicas de restaurante de Alexandre Pires e Chiquinho Scarpa ou à sugestão da peça de Luiza Ambiel (ex-garota da banheira do Gugu), em cartaz na cidade. Fica a dúvida sobre como manter o interesse do telespectador durante duas horas a fio nas semanas em que os colunáveis não tenham o “brilho” da noite de estréia. Sujeito a zapping

 

 

 Cinema
Bilheteria
 Livros
 Música
 Televisão

Fique de olho

No Ibope
 Exposição
 Teatro
ENQUETE
O técnico da seleção brasileira, Wanderley Luxemburgo, deve ser demitido?
Sim
Não
FÓRUM
As denúncias da ex-amante podema afetar o desempenho do técnico Luxemburgo
à frente da seleção?

EDIÇÕES
ANTERIORES

ESPECIAIS
MULTIMÍDIA
BATE PAPO
ASSINATURAS
EXPEDIENTE
PUBLICIDADE
FALE
CONOSCO
ASSINE A NEWSLETTER


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três