CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA

Ping-Pong

Waly Salomão

 

Divulgação
Divulgação
O poeta Waly Salomão, que lança Tarifa de Embarque

Autor de canções como Vapor Barato, que na voz de Gal Costa arrebatou hippies nos anos 70, o tropicalista Waly Salomão lança Tarifa de Embarque (Rocco, 71 págs., R$18). Entre uma viagem e outra para a divulgação do livro de poemas, Waly parou para fazer “ping-poético” via e-mail com Gente – em que as perguntas parafraseiam suas poesias e as respostas criam outros poemas.

Quem é o Waly que paga “tarifa de embarque”?
Aquele que garante que a poesia prescinde de diploma, cartola e beca. E que nem pode ser tachado de moleque quando afirma que a poesia não carece da “aura da seriosidade”.

Quanto se paga para escrever um livro?
O corpo vira cinza para que o fogo habite as páginas do livro.

Continua fumando um?
De quando em quando, os melhores charutos. Procedo como um dissimulado presidente: fumo, mas não trago.

Continua a fazer “tudo ao contrário”?
Bacharelei-me em direito mas pau que nasce torto não tem jeito. Minhas Elipses Sertanejas não mentem: fiz tudo ao contrário. Sou todo ao convulsivo.

Quem “corre desabrido sem ceder a concha do ouvido” no Brasil atual?
Conde, Garotinho, Weffort e FHC.

(Cristian Avello Cancino)

 

 

 Cinema
Bilheteria
Livros
Música
Teatro
Televisão

Fique de olho

No Ibope
Exposição


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três