CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA

Cartografia

Do Cosmógrafo ao Satélite
500 anos de mapas da cidade do Rio de Janeiro em exposição

Luís Edmundo Araújo

Reprodução
Manuscrito de 1579, mostrando a localização de tribos indígenas na Baía de Guanabara.

Um passeio pela história e a oportunidade de acompanhar a evolução dos mapas desde o século XVI até os dias de hoje. É mais ou menos isso que o Centro de Arquitetura e Urbanismo da Prefeitura do Rio de Janeiro está oferecendo a quem for visitar a exposição Do Cosmógrafo ao Satélite: Mapas da Cidade do Rio de Janeiro. Começando pelo Planisfério de Cantino, de 1502 -- o registro encomendado pelo espião italiano Alberto Cantino a um cartógrafo português desconhecido --, a mostra revela a importância dos mapas no início da colonização, quando as técnicas cartográficas eram consideradas verdadeiras armas de guerra.

Claro que, comparados com os mapas atuais, alguns registros do século XVI contêm certos exageros, como um Rio Amazonas com o dobro do tamanho ou uma Baía de Guanabara avançando por quase todo o Estado do Rio de Janeiro. Nada, no entanto, que tire o valor histórico de cartas como a encomendada por Cantino, a primeira a reproduzir o litoral do País, do Amazonas a Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

A exposição também rompe os limites da Geografia para chegar na História. Em um mapa do século XVIII, o capitão e engenheiro da Marinha Francesa De Saccardi reproduz a invasão da esquadra comandada por Duguay Trouin, no dia 12 de setembro de 1711. Na época, 18 navios com 5 mil homens entraram pela Baía de Guanabara, de onde só saíram dois meses depois, com 700 mil cruzados, 100 caixas de açúcar e 200 bois. Além dos mapas antigos e atuais, o visitante também pode conferir a cidade do alto, através de monitores com simulações feitas por computador.

Rio para voyeurs

Até 24 de setembro – Centro de Arquitetura e Urbanismo – Rua São Clemente, 117 – Rio

 Cinema
Bilheteria
Livros
Sérgio Corrêa da Costa
Música
Televisão

Fique de olho

No Ibope
Teatro
Exposição


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três