CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA

O casamento de Carolina Magalhães

Edson Ruiz
Emocionado, ACM entrega a neta Carolina ao noivo, Raphael Guinle, no altar da igreja de São Francisco de Assis

Com um vestido pérola de chantung de seda com corte clássico acinturado para disfarçar a barriga de quatro meses de gravidez, Carolina Magalhães, neta do senador Antônio Carlos Magalhães, casou-se no sábado 15 com o empresário paulista Luís Raphael Guinle. Carolina chegou antes do noivo. Teve que esperar no carro acompanhada do avô, que a levou ao altar. ACM, conhecido por não mandar recado, deu um puxão de orelha em Raphael pelo atraso na hora em que entregou a noiva. Visivelmente emocionado, ACM deixou transparecer as lágrimas ao ocupar ao lado da neta o lugar que seria de seu filho, Luís Eduardo Magalhães, morto há dois anos. Carolina também estava emocionada. Acordara chorando, também lembrando-se do pai. Apesar de não ter programado uma recepção formal após a cerimônia, devido à gravidez de Carolina e conseqüente correria nos preparativos, a família Magalhães recebeu 3 mil convidados na igreja de São Francisco de Assis, no Pelourinho.

Em estilo barroco, a igreja foi construída em ouro em 1720 e estava decorada com 15 mil Lyseanthus brancos. Lá, após o sim e a troca de alianças, os noivos ofereceram um coquetel com 500 garrafas de vinho espumante Prosecco enquanto ficavam por duas horas e meia recebendo os cumprimentos dos convidados. Entre os 12 casais de padrinhos estavam a atriz Guilhermina Guinle, irmã do noivo, o empresário João Carlos Di Gênio e o vice-presidente Marco Maciel. Entre os políticos presentes à cerimônia, os ministros José Serra (Saúde), Pedro Parente (Casa Civil), Rodolfo Tourinho (Minas e Energia), Waldeck Ornellas (Previdência Social), o presidente do PFL, Jorge Bornhausen, o governador do Ceará, Tasso Jereissati, o deputado federal Inocêncio de Oliveira e o governador César Borges com a primeira-dama, Tércia.

A cerimônia virou uma atração no Centro Histórico. A cada carro que parava, o público tirava fotos e pedia autógrafos. O mais assediado foi o apresentador Luciano Huck, que veio sozinho ao casamento. “Não podia deixar de comparecer ao casamento de dois amigos”, declarou Huck. Sua ex, Ivete Sangalo, chegou um pouco atrasada com o namorado Marcelo Rangel. “Acompanhei o namoro desde o início e queria dar meu abraço”, dizia Ivete. O campeão de boxe Acelino Popó Freitas e Dona Canô, mãe de Caetano Veloso, também foram levar seus cumprimentos.

Para celebrar o casamento de Carolina e Raphael, não faltaram festas. A primeira foi na véspera, organizada pela promoter Lícia Fábio, a pedido da mãe da noiva, Michele Magalhães, na Mansão Windberg, na zona nobre de Salvador. No mesmo dia ACM deu um jantar no restaurante Trapiche Adelaide para políticos e empresários. No sábado, ao sair da igreja, o grupo de Michele foi para uma festa na mansão Fonte do Boi, enquanto os convidados de ACM jantaram no restaurante Barbacoa. No domingo, Marcelo Pessoa, empresário baiano amigo da mãe da noiva, deu uma festa na sua ilha particular. No mesmo horário, o presidente do Senado recebia ministros, governadores e prefeitos para um almoço. O casal, que já sabe que o bebê será um menino, homenageará o deputado Luís Eduardo Magalhães dando seu nome à criança. Eles passam a lua-de-mel na Itália.

 

Leia Também

O casamento de Carolina Magalhães

Gianne escorrega no Rio e Galisteu brilha em São Paulo

E o jatinho era do amigo de Daniel

A namorada de William

Drew vai se casar



| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três