CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA

Por trás da tela

Favelas on line

Leandro Pimentel
O carioca Rodrigo e os alunos do Projeto: nota 10

Mais do que nunca, internet é sinônimo de integração. Depois de criar escolas de informática e cidadania em 146 favelas do Brasil, o ex-administrador de empresas Rodrigo Baggio, 31 anos, apresenta o mundo virtual a jovens carentes.

Como é o projeto Espaço Comunidade Digital?
Fazer com que nossas escolas troquem experiências, debatam temas e realizem projetos sociais através da internet.

Como a internet contribui?
É fonte de integração social.
Quem está em rede hoje são as classes A e B – 5% da população mundial. No mínimo, esse contato vai diminuir o abismo da sociedade.

Alguns jovens do seu projeto se tornaram web designers?
Selecionamos oito para um treinamento no site de busca Cadê. Alguns deles começaram a trabalhar para fora e um já criou o site da Igreja Católica de Nova Iguaçu.

O que isso representa?
Eles estão praticando cidadania digital, participando de uma nova sociedade: a da informação. (G.M.)

Na maré
Gurus na rede

Internautas já podem contar com gurus virtuais. Um pouco da sabedoria de cerca de cem intelectuais brasileiros foi reunida no recém-inaugurado site www.oespecialista.com.br. Eles indicam e comentam filmes, livros e discos, através de listas organizadas por gêneros, épocas, estilos e países. Artistas também participam.

Carlos Reichenbach indica 120 dias de Sodoma, de Pier Paolo Pasolini, como o filme mais transgressor. Zuenir Ventura considera Os Lusíadas, de Luís de Camões, indispensável em qualquer biblioteca.
Ferreira Gullar aponta Eu, de Augusto dos Anjos, como o melhor livro de poesia brasileira. Paula Toller aponta Tudo Sobre Minha Mãe, de Pedro Almodóvar, como seu filme favorito.
Luís Carlos Barreto indica Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, como melhor filme. José Lewgoy sugere O Estrangeiro, de Albert Camus, como livro de cabeceira.
Wagner Tiso cita Milagres dos Peixes ao Vivo, de Milton Nascimento, como o melhor disco. Paulo Moura recomenda o disco Blues and Abstract Trues, de Oliver Wilson.

Clique aqui
Sexo e a cidade
www.hbo.com/city

Sexo e a Cidade, com certeza, é um dos seriados mais atuais e divertidos das tevês pagas. Ele é estrelado pela loira-quase-linda Sara Jessica Parker (Carrie). Carrie é uma “antropóloga sexual” que escreve artigos de arrepiar os cabelos num jornal em Nova York. No site do seriado, você vai encontrar os resumos dos episódios, entrevistas com “modernos” (como a designer Vera Wang) e algumas das célebres e hilárias frases da personagem, como: “O homem pode ter descoberto o fogo, mas a mulher descobriu como brincar com ele”, ou “Se você disser para um homem que o odeia, você vai ter o melhor sexo da sua vida, mas se você disser que o ama, ele vai picar a mula na hora!”

Quer saber como anda o mundo fashion na “Little Town Blue”? Então, clique em “Insider's Guide”. O hit do hit do hit da web page fica por conta do terapeuta, ao vivo, que conversa com as internautas sobre problemas de relacionamentos. Oba! Tô indo lá!!! Gisela Rao

29 de julho
é o dia da transmissão ao
vivo, pela TV Uol, do show
de Gilberto Gil no Ibirapuera

 

 


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três