CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA

A turma do Jiu-jítsu pela paz no Rio

Kiko Cabral

Vera Loyola teve um motivo pessoal para se vestir de branco e comparecer ao ato Rio pela Paz no Largo da Carioca, centro do Rio, na sexta-feira 7. Em 1998, seu filho, Inácio de Loyola, foi seqüestrado. “Só as pessoas que passaram por uma violência sabem o valor disso aqui.” Para ir à manifestação pedir um basta à violência, Vera não poupou esforços. Pela primeira vez, ela dispensou seu chofer e andou de metrô na cidade. O movimento mobilizou até mesmo aqueles que convivem com a violência, como o campeão mundial de vale-tudo Artur Mariano (acima, à esq.) e o lutador de jiu-jítsu Royler Gracie (segundo na foto acima). O ex-secretário de Esportes do Rio José Moraes (terceiro à esquerda) e Amauri Bitetti também foram à manifestação.

Leia Também

O reencontro de Huck e Ivete Sangalo

Celebridades no inverno de Campos do Jordão

Filho de Sula ganha banheira da Moad

A política de Wilma

O cristal quebrado de Ruth

A primeira viagem de Ana Poppovic

Fagundes faz pizza marguerita

A turma do Jiu-jítsu pela paz no Rio

Françoise, 44 anos

Monique, 44 anos

Sampras faz história

As irmãs Williams dominaram Wimbledon



| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três