CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA

Música

Roberto Carlos homenageia Maria Rita
Depois de cinco meses de depressão, o cantor adia disco sertanejo, volta a compor e prepara CD com canções que fez ao lado da mulher

Rose Delfino

Rosane Bekierman/
Folha Imagem
“Há fotos de Maria Rita espalhadas pela casa como era antes, mas aos poucos meu pai está saindo daquela grande dor, do desespero”, diz Dudu Braga

Se a tristeza pela morte da mulher, Maria Rita Simões Braga, em dezembro, ainda é grande, Roberto Carlos começa a dar sinais de recuperação. Não chora como nos primeiros tempos e há um mês e meio voltou a compor. Algumas canções são em homenagem à mulher e outras são de quando ela estava bem. “Ele está retomando músicas que compôs ao lado de Maria Rita, mostrando a ela cada acorde. Por isso está sendo difícil, mas Roberto decidiu que vai terminar”, conta um amigo. O rei está tão envolvido na tarefa que guardou para março a gravação do disco sertanejo começado. Agora só se dedicará ao novo CD.

Diariamente, ele vai para seu estúdio, confere se as plantas do jardim estão bem tratadas e se tranca para compor novas canções e acertar as antigas. Bem de saúde, almoça quase sempre peixes preparados por sua cozinheira e não rejeita sorvete. Para se manter equilibrado, passa por sessões de reiki, método de energização por meio das mãos. Mas ainda não se sente pronto para aparecer em locais públicos.

Seu filho Dudu Braga ficou de receber em seu lugar, na quarta-feira 12, o prêmio 20 Brasileiros do Século, da Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro, dado também à atriz Fernanda Montenegro. “A lembrança de Maria Rita é muito presente. A casa deles continua igualzinha e há fotos dela espalhadas por todos os cantos, mas aos poucos meu pai está saindo daquela grande dor, do desespero”, conta Dudu. Ele o acompanhou na fase mais difícil. “Duas vezes por mês eu e minha irmã, Luciana, vamos vê-lo no Rio. Ele recebe também os pais de Maria Rita, Géri e Simões, e a irmã Maria Emyr Broto, que se casará em novembro. Até lá, ele estará bem, quem sabe poderá até ser o padrinho”, diz Dudu.

 

Leia Também

A Marisa Monte que o público não vê

O olhar do bad boy

A guerra dos Mesquita

No tom de Chico César

O nosso doutor gene

Rei não paga indenização

Roberto Carlos homenageia Maria Rita

O sabor do sucesso

O charme da ex-lolita

O peso de ser ex-galã

Um novo maníaco?

Fernanda, a deusa expiatória

Sem papas na língua

David Uip, o médico celebridade

Corpos em evidência

Reduto para a gargalhada



| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três