CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK 
 BUSCA
 ASSINE O BOLETIM
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ASSINATURAS
 FALE CONOSCO
 EXPEDIENTE
 PUBLICIDADE

 


No rastro dos óculos clubbers amarelos, elas ganham espaço em versões que agradam clássicos e modernos

Texto e edição: Erica Benute
Arte: Gustavo Grandjean

Clique nos óculos para ver as fotos

Foram os clubbers que começaram a onda. Quando Bonno Vox, líder do U2 desembarcou no Brasil com seus óculos “mosca” de lente amarela, no início de 1998, causou furor entre os modernos. A mania se alastrou e, até hoje, tem seus adeptos. “Para os fabricantes, foi a descoberta de um novo mercado a ser explorado”, diz o estilista Marcelo Rodrigues, responsável pelo desenvolvimento de produtos da Anni Futuri. Quem saiu na frente foi Christian Dior, o primeiro a lançar os óculos com lentes azuis. Tão fashion quanto seu predecessor, porém mais clássico. Logo outras grifes tradicionais aderiram e hoje, Armani, Jean Paul Gaultier, entre outros, têm seus modelos. “Ao contrário dos amarelos, usados à noite, os azuis são mais versáteis e cabem muito bem durante o dia”, informa o estilista. Linhas esportivas, como caçador e esquiador também fazem sucesso no mercado nacional. Mas é preciso ter cuidado. Mesmo os exemplares mais estilosos são ousados demais para serem combinados com roupas clássicas.

 

© Copyright 1996/2000 Editora Três