CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK 
 BUSCA
 ASSINE O BOLETIM
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ASSINATURAS
 FALE CONOSCO
 EXPEDIENTE
 PUBLICIDADE

 

Polêmica

A sunga sai do armário
Advogado que comprou peça de Thiago Lacerda aciona Gugu, já processado pelo ator. A sunga real está no guarda-roupa de Thiago à disposição da Justiça

Rodrigo Cardoso

Thiago Lacerda processa Gugu pelo leilão da peça supostamente sua e se dispõe a levar ao juiz a sunga verdadeira. “Te perdôo, Thiago, assim como Jesus vai te perdoar”, disse Gugu no Domingo Legal

Um palmo de comprimento por dois de largura. É esse montante de lycra que vem causando o maior bafafá entre o apresentador Gugu Liberato e o galã Thiago Lacerda. A sunga de cor pérola, usada pelo ator na encenação da Paixão de Cristo, em João Pessoa (PB), foi a leilão no Domingo Legal, do SBT, em 30 de abril. Quando soube a procedência da peça, o advogado paulista Eduardo dos Santos, 38 anos, casado há seis e católico fervoroso, ligou para o programa e a arrematou por R$ 500. Uma semana depois, ele decolava em seu helicóptero particular para retirar a “relíquia” na emissora. Saiu de lá feliz da vida. Iria doar a sunga do ator a uma creche, para a qual contribui há 20 anos.

Na manhã seguinte, no entanto, sua reputação passou a ser enodoada. Lacerda disse que a sunga nunca lhe pertenceu. “Ser humilde é uma coisa, palhaço, é outra”, indignou-se Santos. “Andam dizendo que eu durmo com a sunga e que a ponho debaixo do travesseiro.” Gugu tentou provar a autenticidade da peça, dizendo que uma fã a roubou do camarim do ator e a entregou à sua produção. Trouxe até o secretário de Cultura de João Pessoa, que afirmou ter entregue duas sungas ao ator. “Mas Thiago usou a mesma nos quatro dias da encenação”, diz seu empresário Guilherme Abreu. “A verdadeira sunga está no armário dele e sairá de lá assim que o juiz quiser vê-la.”

É isso mesmo. Já tem até juiz na história. O advogado do ator, Silvio Guerra, está processando Gugu e o SBT. “Houve uma deterioração da imagem do Thiago”, diz Guerra. “O pai do Thiago não dormiu direito, depois que viu Gugu fazendo aquela demagogia.” É o 14º processo aberto pelo ator. Santos, convicto de que comprou gato por lebre, também deu entrada numa ação indenizatória por danos morais contra o Domingo Legal. Gugu e Roberto Manzoni, diretor do programa, não querem mais dar pano para manga. “Eu te perdôo, Thiago, assim como Jesus vai te perdoar”, disse Gugu no ar, no domingo 14. Após bater a audiência da rival Globo nos três domingos em que a sunga era a atração, sentenciaram: “Assunto encerrado”.

© Copyright 1996/2000 Editora Três