CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 CLICK 

 BUSCA

 ASSINE O BOLETIM
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ASSINATURAS
 FALE CONOSCO
 EXPEDIENTE
 PUBLICIDADE

 

  DINHEIRO PLANETA ISTOÉ
 
 

Novela

Marcas da Paixão
Record se arma com trama regional e boas interpretações

Paula Alzugaray

Divulgação
Carla Regina e Vanessa: candidatas à estrela

Com um time promissor de jovens atores, algumas pérolas da velha guarda global e uma ambientação “genuinamente brasileira”, a Rede Record tenta fazer frente à mexicanização do concorrente SBT. Estruturada sobre um triângulo amoroso, Marcas da Paixão (segunda a sábado, 20h15) confronta três regiões do Brasil: o sertão da Bahia, onde nasceu Guida (Carla Regina); a capital paulista, de onde vem sua meia irmã Cíntia (Vanessa Lóes), e o interior de São Paulo, onde vive Diogo (Carlos Casagrande).

Ainda que a regionalização funcione em cenas externas caprichadas, o sotaque paulista prevalece na trama. Deslocada do sertão baiano, Guida conhece Cíntia e Diogo na fazenda de Jorge Maia (Walmor Chagas), o pai ausente, morto no primeiro capítulo. A briga das irmãs pelo mesmo homem, apimentada pela governanta Dete (Irene Ravache) acabará por se traduzir em uma disputa das atrizes pelo protagonismo. Bom para o telespectador.

Carla Regina, que surgiu em Xica da Silva, da extinta Manchete, tem brilho próprio e pode chegar a estrela da emissora. Além de beleza, tem equilíbrio na interpretação. Na rolação de lágrimas dos primeiros capítulos, foi ela quem se saiu melhor – dando um banho em Casagrande e em Eriberto Leão, o namorado da Tiazinha. Apesar de ter feito parte do time de roteiristas de Cassiano Gabus Mendes em Brega e Chique e Que Rei Sou Eu?, não vai ser desta vez que a autora Solange Castro Neves vai exercitar seu humor. Marcas da Paixão não está muito longe do tom melodramático da concorrente do SBT, que na estréia levou a melhor, com média de 17 pontos no Ibope contra os 10 da Record.

Começou bem

Copyright 1996/2000 Editora Três

LEIA
TAMBÉM
 Cinema
Em qualquer outro lugar
Susan Sarandon
Agnes Browne
No olho da rua
Ninguém é Perfeito
Por uma Boa Briga
Bilheteria
 Livros
Mar sem fim
Odisséia
Magnus Mills: escritor, ex-motorista e futuro carteiro
Best-seller
 Música
Público
On the Loose
Community Music
Marcos Suzano
Hits
 Exposição
Arte Barroca
Bia Lessa
 Televisão
Uga uga
Marcas da Paixão
Dá-lhe novela
Fique de olho
No Ibope
 Internet
Sereia à vista
Joãosinho Trinta
Web vitrine