Reportagens  
divulgação
“Antes de eu engravidar o relacionamento já estava ruim”, diz Isabeli
• • •
Capa
“Acabou mesmo”
continuação
 Envie esta matéria para um amigo

"Não tem volta"

Na sexta-feira 27, a caminho do batizado do filho Lucas, em São Paulo, a top model falou à Gente sobre o fim de seu casamento com Henri Castelli:

Você diz que o casamento terminou. O Henri afirma que não.
Afinal, acabou ou não?

Pois é, acabou mesmo. Agora, se ele quer ficar mentindo que não acabou, não posso fazer nada.

Por que ele reluta em aceitar a sua decisão?
Não sei o que ele quer... (irritada) Por isso não quero dar entrevistas, não consigo não falar a verdade.

Vocês acertaram que anunciariam a separação?
Não. A gente conversou que eu queria me separar. Ele disse ‘vamos tentar ficar juntos’. Respondi que não adiantava tentar, que não ia dar certo. Eu quero ser feliz, e eu não estou feliz, ele não está feliz, a gente não está feliz. A gente é amigo, se dá superbem, se amou muito um dia. Pena que isso foi estragando com o casamento.

Já conversaram sobre a situação do Lucas?
Ainda não, a gente não decidiu nada.

O Globo publicou que você estaria namorando o
Ricardo Mansur
.
(indignada) O que é isso? Imagina que eu ia me envolver tão cedo de novo. Nem me separei direito. Conheci ele, conversamos uma vez e já ficam falando coisas. Não tem nada a ver.

Quando percebeu que o casamento não estava dando certo? Quando falou pela primeira vez em separação?
Faz um mês. A gente está há muito tempo nessa história. Antes de eu engravidar o relacionamento já estava ruim. Quando engravidei continuou ruim. Fomos empurrando com a barriga, e quando se empurra com a barriga não dá certo.

E por que não deu certo?
Somos muito mais amigos do que qualquer outra coisa. Nos damos superbem, mas, casados, a gente não combinou muito.

Faltou química entre vocês?
A gente tinha química, não foi isso. Ele gosta muito dos amigos perto dele... A gente não vivia o casamento, nunca me senti casada. Então é melhor não ficarmos juntos.

O fanatismo dele pelo futebol atrapalhou o relacionamento?
Isso nunca mudou nada, sempre respeitei. Nunca liguei muito para futebol, mas até virei são-paulina.

Tem volta?
Não, não tem volta. Não adianta insistir em algo que não dá certo. Só se for muito lá no futuro mesmo.