CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 CLICK 

 BUSCA

 ASSINE O BOLETIM
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ASSINATURAS
 FALE CONOSCO
 EXPEDIENTE
 PUBLICIDADE

 

  DINHEIRO PLANETA ISTOÉ
 
 

Ping-Pong

Otávio Mesquita

Ramiro Zwetsch

Juca Rodrigues
Otávio Mesquita: “Não estou preparado para a Globo”
Após dois anos no SBT, o apresentador Otávio Mesquita acaba de anunciar sua mudança de casa. A partir de junho, ele comandará diariamente TV Fama e Perfil na Rede TV!

Porque saiu do SBT?
Eu não estava satisfeito com o Fantasia e manifestei minha vontade ao Silvio Santos de voltar a fazer o Perfil. Ele explicou que, em função do pacote de filmes da Warner, não teria espaço para um programa noturno. Resolvi procurar meus amigos na Rede TV!, Marcelo Carvalho e Amílcare Dalevo.

O rompimento foi amigável?
Extremamente. Meu contrato iria até setembro e eu teria que pagar uma multa de R$ 11 milhões. O Silvio liberou a multa e ainda pediu que eu assinasse por apenas um ano com a Rede TV! Ele quer me chamar de volta.

Financeiramente foi melhor?
Pelo TV Fama, receberei um pouco menos que meu salário no SBT.
Já no Perfil, sou sócio do programa e tenho direito a duas das seis
cotas de patrocínio. É interessante.

Como serão os programas?
Eles terão a minha marca, que é a irreverência. No TV Fama, contratarei estudantes de comunicação para fazerem perseguições a artistas em
São Paulo, Rio e Salvador. O Perfil será um pouco mais jornalístico do que
sua antiga versão. Terá reportagens.

Conversou com outras emissoras?
Record, Bandeirantes e Globo.

Teria um programa seu na Globo?
Não, é muita responsabilidade, depois de dois meses, se o programa não dá ibope, você está na rua. Eu seria um repórter especial da emissora.

Porque não acertou com a Globo?
Todo mundo quer ir para a Globo mas não estou preparado. Não tem lugar para todos e muita gente vai dançar.

Poderia dar um exemplo?
O Luciano Huck – que começou comigo, há quatro anos, como repórter do Perfil. A proposta dele é muito boa, mas se eu fosse ele, popularizava mais o programa. Quem assiste tevê sábado à tarde? É o povão, é a dona de casa. O público adolescente, que assistia ao H, nessa hora está na praia.

Copyright 1996/2000 Editora Três

LEIA
TAMBÉM
 Cinema
O Mundo de Andy
Courtney Love
Cronicamente inviável
Linhas cruzadas
Meg Ryan: a namorada da América
Ruy Guerra em Cannes
 Livros
Fogo nas Entranhas
Rede de risos
O vôo de Richard Capelo Gaivota
Best-sellers
 Música
Jorge Amado Letra & Música
Ecstasy
Canções, versões
Ping-pong
Hits
 Exposição
Brasil+500 - Mostra do Redescobrimento
Artista da pré-história
 Televisão
Note e anote
Rotas de integração
Otávio Mesquita
Fique de olho
No Ibope
 Internet
Mendigo Bréa
The Sims