CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 CLICK 

 BUSCA

 ASSINE O BOLETIM
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ASSINATURAS
 FALE CONOSCO
 EXPEDIENTE
 PUBLICIDADE

 

  DINHEIRO PLANETA ISTO╔
 
 

Ping-Pong

Carlos Rennˇ
Carlos Rennó reúne nata da MPB para cantar Gershwin e Cole Porter

Lilian Amarante

Alexandre Tokitaka
Rennˇ: poesia cantada
Por que Cole Porter e Gershwin?
Cole Porter é reconhecidamente
um dos pontos máximos da arte
da palavra cantada no século 20
e Ira Gershwin não fica muito atrás. Vertê-los para o português é penetrar mais fundo na poesia cantada.

O que eles têm de tão especial?
A forma sofisticada e bela com que conjugam palavras e sons. É um casamento perfeito.

Que critérios usou para as versões?
Normalmente uma versão não tem nada a ver com o original
e eu só verto uma canção se consigo manter seu espírito
e estilo. O meu critério é traduzir essencialmente o que o compositor diz no original. Se ele faz rimas internas ou jogos de palavras
eu tenho que fazer o mesmo.

É difícil?
Especialmente quando os letristas são bons poetas, e quando a língua original é o inglês, muito mais sintético que o português.

Cole Porter fica melhor em português ou inglês?
Em inglês, claro. Minhas versões não buscam concorrer com as composições de Cole Porter. São uma homenagem às letras originais.

Cole Porter combina com MPB?
Grandes artistas, de um modo geral, combinam uns com os outros.

Tem outros projetos nessa linha?
Vou verter as músicas dos Beatles, numa leitura tropicalista.

Copyright 1996/2000 Editora Três

LEIA
TAMBÉM
 Cinema
O Mundo de Andy
Courtney Love
Cronicamente inviável
Linhas cruzadas
Meg Ryan: a namorada da América
Ruy Guerra em Cannes
 Livros
Fogo nas Entranhas
Rede de risos
O vôo de Richard Capelo Gaivota
Best-sellers
 Música
Jorge Amado Letra & Música
Ecstasy
Canções, versões
Ping-pong
Hits
 Exposição
Brasil+500 - Mostra do Redescobrimento
Artista da pré-história
 Televisão
Note e anote
Rotas de integração
Otávio Mesquita
Fique de olho
No Ibope
 Internet
Mendigo Bréa
The Sims