CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 CLICK 

 BUSCA

 ASSINE O BOLETIM
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ASSINATURAS
 FALE CONOSCO
 EXPEDIENTE
 PUBLICIDADE

 

  DINHEIRO PLANETA ISTOÉ
 
 

 

Tarcísio Meira

por Cesar Taylor

Prensa Três
Tarcísio Meira com a esposa Glória Menezes e seu filho Tarcisinho, em 1973

Ainda não existiam telenovelas quando Tarcísio Magalhães Sobrinho estreou como ator teatral, no começo dos anos 60, em São Paulo. Para completar o orçamento, ele precisava dar expediente como escriturário no Tribunal de Justiça do Estado.

Em 1963, aos 27 anos, fez a primeira novela da tevê brasileira – 2-5499: Ocupado!, na antiga TV Excelsior. “Nem me lembro quantas novelas fiz até agora, mas o fato é que isso me vinculou demais à televisão apesar de eu ser egresso do teatro”, diz ele. “Tenho orgulho de nunca ter me afastado dos palcos”, afirma. Sinônimo de galã e de telenovela, ele teve seu primeiro grande papel em 1970, com o personagem João Coragem, da novela Irmãos Coragem, na Globo. “Foi a primeira novela assumidamente vista por homens”, lembra. Foi também o folhetim que inaugurou o horário das oito na Globo.

Na foto de 1973, seu filho Tarcisinho observa seu método de decorar textos em dupla com a esposa, Glória Menezes, com quem está casado há 36 anos. Hoje, mais à vontade para interpretar outros papéis que não o de galã, como o asqueroso Dom Gerônimo da minissérie A Muralha, ele se retirou para sua fazenda em Belém do Pará. É onde desfruta de um merecido descanso de seus recém-completados 40 anos de carreira.

 


Copyright 1996/2000 Editora Três