Diversão & arte - Internet  

Leia também

Exposição Livros  Teatro
 Internet  Música  Televisão
Foco - Knut
Ursinho mimado mobiliza o mundo

texto fernando oliveira

 
Brain Pix
O tratador Thomas Doerflein e o pequenino Knut: comoção mundial para salvar a vida
do ursinho
Na sexta 23, os olhos do mundo se voltaram para o zoológico de Berlim. Centenas de jornalistas e curiosos se amontoaram para assistir à primeira aparição pública de Knut, um pequenino urso polar de apenas quatro meses de idade. Dias antes, ativistas pediam que ele fosse sacrificado por estar acostumado a viver entre humanos. O grupo achava que ele estava sendo mimado demais e não poderia ganhar a vida selvagem quando completasse dois anos, idade exigida para que os ursos deixem o zôo. Em entrevista à BBC, o ativista Frank Albrecht disse: “Se a verdade for realmente dita, o zoológico tem de matar o pequeno bebê”. Até o diretor do zoológico cogitou da possibilidade da execução. Knut foi o primeiro urso polar concebido no zoológico em 35 anos e foi abandonado pela mãe logo após o nascimento – o outro filhote morreu. Para suprir o amor materno, seu tratador, Thomas Doerflein, chegou a dormir na mesma jaula que ele.

Em protesto contra a sugestão de sua morte, milhares de páginas e vídeos surgiram na internet. No Orkut, há pelo menos 33 comunidades dedicadas a ele, como “Não ao Sacrifício de Knut” (https://www.orkut.com/Community. aspx?cmm=29482866) e “Longa Vida ao Knut” (https://www.orkut.com/Community. aspx? cmm=29601764).

A óbvia fofura do animal se reflete em outros sites. Ao digitar Knut na busca do YouTube (www.youtube.com), mais de 460 registros de vídeos do ursinho podem ser encontrados. No site do zoológico de Berlim (https://www.zoo-berlin.de/), há galerias de fotos e vídeos de seu habitante mais famoso. E um blog oficial (https://blog.rbb-online.de/ roller/knut/) já foi criado. A comoção foi tanta que o mamífero ganhou até um programa de tevê no canal público ARD. Knut, das Eisbärbaby (“Knut, o urso polar bebê”) irá ao ar todos os sábados.

Edu Lopes
Clique aqui
www.deckdisc.com.br
A gravadora Deckdisc, responsável por nomes como a roqueira Pitty e o Matanza, colocou no ar seu novo portal de música. O site permite a compra de música pela internet e disponibiliza antecipadamente CDs inteiros, como no caso da banda de heavy metal Strike. Além disso, a página disponibilizará videoclipes de seus grupos, contará com um blog com as últimas novidades do mundo da música e ainda terá um espaço para baixar toques de celular. (F.O.)