Saúde  
A era dos aparelhos ortodônticos invisíveis
Tão eficiente quanto os convencionais, embora mais cara, surge uma nova geração de aparelhos feitos com materiais transparentes
Daniel Ribeiro
divulgação
Daniel: usar aparelhos feiosos
ainda é comum
Quando pensamos em correção dentária, a primeira imagem que nos vem à cabeça é a de um sorriso metálico, a que tradicionalmente ilustra o tratamento ortodôntico. Paradoxalmente, são estas peças antiestéticas que proporcionam um sorriso estético após, em média, dois anos de tratamento. Com a popularização da Ortodontia, usar aparelhos “feiosos” ainda é desagradável, mas comum – aceito como o único meio para se obter um sorriso mais bonito. E como aparentemente todos usam estes tipos de aparelhos, parece até que não há outra alternativa. Esta é apenas uma meia verdade. Atualmente existem aparelhos capazes de atender quaisquer necessidades, orçamentos e exigências, inclusive as estéticas. Feitos em cerâmica, em material transparente ou totalmente imperceptíveis, como é o caso dos utilizados pela Ortodontia Lingual, uma nova geração de aparelhos está promovendo uma revolução invisível.

A Ortodontia Lingual utiliza brackets colados por trás dos dentes eliminando qualquer peça aparente ao conversar ou sorrir. Em sua modalidade mais avançada, estas “pecinhas” são criadas através de sofisticados softwares de design em 3D e cada bracket é desenhado e fabricado sob medida para cada um dos dentes do paciente.

Há também uma outra opção de correção estética: os alinhadores transparentes. Esta técnica também envolve alta tecnologia na produção sob medida para cada arcada dentária do paciente. O paciente vai trocando, a cada duas ou três semanas, os alinhadores, que vão movimentando os dentes até a posição correta. Além de transparentes, os alinhadores são removíveis, permitindo que o paciente possa retirá-los para comer, fazer sua higiene bucal ou comparecer a compromissos sociais.

A Ortodontia Lingual e os alinhadores transparentes são novas opções de tratamento ortodôntico com resultados compatíveis com as modalidades convencionais. Embora mais caros, atendem plenamente às necessidades de determinados tipos de pacientes, como atores, modelos, empresários e esportistas, que por motivos profissionais preferem um aparelho que não apareça ou não os exponha a lesões durante treinos e competições. Também é uma excelente opção para pacientes que relutam em fazer uso de aparelhos por preconceito ou vaidade.

Daniel Ribeiro
Ortodontista, especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial pela Faculdade de Odontologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, membro da Sociedade Brasileira de Ortodontia, membro da Associação Brasileira de Ortodontia Lingual, membro da American Association of Orthodontists, da World Federation of Orthodontists e da European Orthodontic Society.

 
Pílulas
 

» 7 milhões de pessoas. Essa é a estimativa do tamanho do mercado para aparelhos ortodônticos estéticos nos EUA. A cada ano cresce a demanda por aparelhos ortodônticos estéticos em todo o mundo

» O tratamento ortodôntico com aparelho lingual custa, em média, o dobro do convencional

» O tempo de tratamento com aparelhos estéticos é semelhante ao do convencional, variando de 18 a 36 meses

» A maioria dos pacientes que buscam tratamento com aparelhos estéticos ainda é de mulheres