Diversão & arte - Televisão  
Murillo Constantino

A atriz, no ar em Cidadão Brasileiro, acumula 10 novelas

• • •

Leia também

Cinema
Exposição
Gastronomia
Internet
Livros
Música
Teatro
• • •
Perfil - Luiza Curvo
Jeito de menina e cabeça de atriz
Dirceu Alves Jr.
 

Para quem viu Luiza Curvo menininha em Sonho Meu (1993) ou Malhação (1996), a sensação diante de sua ardilosa Lívia em Cidadão Brasileiro é de surpresa. A atriz cresceu e virou uma mulher, que, aos 21 anos, protagoniza cenas de forte carga erótica com Kito Junqueira e Gabriel Braga Nunes e equilibra picardia e dissimulação na trama escrita por Lauro César Muniz para a Record. “A Luiza tem ar de criança e forte sensualidade, nunca usa clichês ou truques fáceis. Tudo o que a Lívia precisava”, afirma o autor.

Diante dos elogios, a atriz carioca não disfarça o brilho nos olhos azuis. “Gosto desse lado ambíguo dela. Queria que as pessoas me vissem como algo diferente, que provocasse choque”, diz ela, que, depois da última novela na Globo, Chocolate com Pimenta, em 2003, estudou cinema e direção teatral. Com Cidadão Brasileiro, veio também uma virada na vida. Luiza deixou o Rio para viver só em São Paulo e já pensa em comprar casa. “Quero aproveitar a vida cultural e fazer muito teatro em São Paulo. São novas possibilidades para a minha carreira”, afirma ela, que acumula 10 novelas, duas peças e uma minissérie. E, agora, Luiza se vê diante de um novo desafio imposto pela própria Lívia. Na segunda fase de Cidadão Brasileiro, que se inicia na quarta 30, a ninfeta, perto dos 30 anos, será amante de Atílio (Floriano Peixoto), agora, um deputado aliado aos militares.