CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 Seções
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 Coluna
 EXCLUSIVAS

 

  DINHEIRO ISTO╔
 
 

Romance

Subsolo Infinito
Livro de Nelson de Oliveira Ú inquietante e diabˇlico

Antonio Querino

Divulgação
Nelson: boa literatura fantástica

Desconcertante é uma definição para a dantesca experiência que o paulista Nelson de Oliveira realiza no romance Subsolo Infinito (Companhia das Letras, 216 págs., R$ 23), uma abissal e fausta descida ao inferno, descrita com todas as letras. Mas o inferno aqui não é apenas um sentido figurado, pois o que o escritor põe para funcionar é justamente a jornada de um homem que crê ter feito um pacto com Lúcifer, com referências a descidas clássicas como a de Orfeu e outros mitos gregos.

Tudo começa quando o narrador – um intelectual respeitado, em plena crise de amnésia – encontra-se sem mais nem menos metido numa vida
que não é a sua e sem lembrar sua verdadeira identidade.

Após um incêndio em seu apartamento, passa a viver como indigente sob um viaduto e conhece um bissexual da Praça da Sé, por quem se apaixona. Ao seu lado, o narrador é conduzido a encontrar respostas nas profundezas dos infernos, descendo até ele por um prosaico túnel de metrô.


E por aí vai a trip mental de Nelson, construída com frases bem compostas e muita erudição no manejo de questões transcendentais trazidas para as sarjetas urbanas. Falando de mendigos, videntes e alucinações, a escrita de Nelson não deixa a peteca cair e não aborrece o leitor, apesar da fantasia mística bem complexa. Fábulas e parábolas sobre constelações e anjos recheiam seu relato, cuja simbólica obsessão pelo fogo salta aos olhos do leitor.

Numa obra centrada sobre esse elemento, o autor cita a idéia dos sábios ancestrais que acreditavam que “com o fogo a matéria torna-se alma”. Mas Nelson lida com esses temas com certo distanciamento, fazendo o narrador ironizar o tempo todo seu próprio destino e expondo o artificialismo de toda essa história louca.

Uma temporada no inferno

Leia a entrevista com Nelson Oliveira

Copyright 1996/2000 Editora Três

LEIA
TAMBÉM
 Cinema
Cenas documentais
Bossa Nova
Inferno
Bilheteria
 Livros
O significado da vida
Subsolo infinito
Ping-Pong
Best-sellers
 Música
Amazonas
Morada do samba
Ping-Pong
Música étnica invade o Brasil
 Teatro
Mais Perto
Na bagunça do teu coração
Ping-Pong
 Televisão
Rede Globo 2000
Ping-pong com Camila Pitanga
Ping-pong com Jô Soares
Superbonita
Cerco ao General
Fique de olho
 Internet
Zulu
Quero ser famoso