CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 Seções
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 LUA DE MEL
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 Coluna
 EXCLUSIVAS

 

  DINHEIRO ISTOÉ
 
 

 

por Ana Cristina Cocolo,
com colaboração de Viviane Rosalem

Campos (RJ)
Maria Aparecida de Almeida Rosa e Alexandre da Silva
Filha adotiva de Garotinho tem casamento transmitido por telão

JSGomes
O governador conduz a filha Maria Aparecida ao altar

Primeira dos cinco filhos adotivos do governador Anthony Garotinho e da primeira-dama Rosinha Matheus, a digitadora Maria Aparecida de Almeida Rosa, 25 anos, teve seu dia de conto de fadas, no sábado 18. Com uma tiara de strass e um vestido pérola, com bordados dourados, ela subiu ao altar da Igreja Presbiteriana da cidade de Campos. Lá, disse o sim ao técnico de informática Alexandre Moreira da Silva, 22 anos.

A cerimônia, transmitida por telão para a população que se aglomerava do lado de fora, foi seguida de recepção no Clube de Regatas Saldanha da Gama para mais de 800 convidados, entre eles a cantora Joana e a apresentadora de tevê Cláudia Cruz. Os noivos se conheceram em 1994 na Praia do Farol, próximo a Campos, no norte fluminense. Começaram a namorar seis meses depois. O destino de Maria Aparecida começou a ser traçado quando sua mãe, Adir Almeida Rosa, procurou o então radialista Anthony Garotinho, no estúdio de seu programa, há 16 anos. Queria uma família que adotasse a menina, na época com 9 anos. Rosinha, que já tinha dois filhos, levou Maria Aparecida para casa. Mas a menina nunca deixou de conviver com a mãe biológica, que inclusive foi ao casamento. Orgulhoso, o governador providenciou chuviscos, tradicional doce de Campos, e arriscou-se no karaokê cantando a música “O Bêbado e a Equilibrista”. Depois da lua-de-mel no Nordeste, Maria Aparecida irá residir em Campos com o marido.

São Paulo(SP)
Karen Zarzur Curi e Manoel Rodrigues Neto
Entre os convidados, o cônsul do Equador e o filho de Vera Loyola

A advogada Karen Zarzur Curi, 31 anos, conheceu o dono da Viação Manoel Rodrigues S.A., de Avaré (SP), em 1993. Manoel Rodrigues Neto, 38 anos, aproveitou o casamento de amigos em comum, na época, para aproximar-se de Karen. Filha do empresário Malek Curi e da paisagista Lourdes Zarzur, Karen trocou alianças com Manoel vestindo um modelo da estilista paulista Tiyomi Kitasato, feito com mantilhas de Bruxelas e bordado em zircônias. A cerimônia foi na igreja Nossa Senhora do Brasil, na quinta-feira 16, seguida de uma pomposa festa no Clube Monte Líbano. Estavam presentes o cônsul do Equador, Pedro Cury, o dono da Viação Breda, Joaquim Constantino, e Inácio Loyola, filho da socialite carioca Vera Loyola. “Sou amiga de Inácio há mais de nove anos”, conta Karen.

Porto Alegre (RS)
Daniela Dahmer e Fabrizio Magno
Italiano conquistou a noiva no trânsito de Punta del Leste

“A primeira abordagem dele eu não gostei muito”, conta a dentista Daniela Olszewski Dahmer, 31 anos, sobre como conheceu o italiano Fabrizio Magno, 29, em 1997, em Punta del Leste, no Uruguai. “Ficamos presos no trânsito, lado a lado, e ele, mesmo com outra, começou a me paquerar”, lembra Daniela. O que ela não sabia era que a “acompanhante” era irmã dele. “Voltei para o Brasil e dias depois ele me ligou.” Daniela, de uma tradicional família gaúcha de médicos, e Fabrizio, empresário, casaram-se no sábado 18 na Ilha da Pintada. A lua-de-mel será nas Bahamas.

Londrina (PR)
Viviane Canziani e Rodrigo Pagani
Depois de quatro anos sob vigia, eles enfim viajaram a sós

Na sexta-feira 17, o médico e empresário Severo de Rudin Canziani Filho, dono do Shopping Center Canziani, levou ao altar sua filha mais velha, Viviane Noronha Canziani, 26 anos. Depois de quatro anos de olho no namoro dela com o médico Rodrigo Lessi Pagani, 26, ele emocionou-se ao ver o casamento, realizado no Village Praça de Leilões e Eventos. “Nosso namoro sempre foi fiscalizado pelos nossos pais”, entrega Viviane, que conheceu Rodrigo na adolescência. “Num congresso do Rodrigo na Califórnia, fomos escoltados pelas duas mães. Foi cômico”, completa. Depois da festa, o casal enfim conseguiu viajar a sós, para a Polinésia Francesa. Entre os convidados, o deputado federal Alex Canziani (PSDB), primo da noiva.

Recife (PE)
Ana Elizabeth Caldas e Marcelo Aragão
Fazendeiro ganha genro e administrador para sua fazenda

Fazendeiro ganha genro e administrador para sua fazenda O engenheiro Joselino de Queiroz Caldas, fazendeiro e criador de vacas holandesas que expõe com orgulho em feiras agropecuárias, ganhou um genro e um administrador para sua fazenda, no Rio Grande do Norte. Depois de dois anos de namoro, a estudante de cursinho Ana Elizabeth Luz Caldas, 19 anos, e o estudante de Agronomia Marcelo Alexandre Nepomuceno Aragão, 23, decidiram casar – e mudar para a fazenda do pai dela. “Queremos ficar longe do agito e ele vai ajudar nos negócios”, justificou a noiva. Depois da cerimônia, no sábado 18, na igreja Rosário da Boa Vista, no centro da cidade, o jovem casal viajou para João Pessoa (PB), para a lua-de-mel.

 

Copyright 1996/2000 Editora Três