Diversão & arte - Internet  

Leia também

Exposição Livros  Teatro
 Internet  Música  Televisão
Foco / Social
Sites promovem inclusão

Fábio Farah

Ademir Pascale Cardoso usa a internet para distribuir ingressos de cinema para jovens carentes

No final do ano passado, o estudante de Letras Ademir Pascale Cardoso, 29, teve a idéia de utilizar a internet para um projeto de inclusão cultural. O resultado é o “Vá ao Cinema”, patrocinado por distribuidoras como Fox Filmes, Lumière e Playarte. “A cada lançamento de filme, as empresas me fornecem dezenas de convites”, diz Ademir, que utiliza como plataforma de distribuição o portal Cranik (www.cranik.com), criado por ele há três anos. Para participar, basta entrar no site. “Recebo de 200 a 300 e-mails por dia. A maioria é de jovens carentes que acessam a internet pelos telecentros de São Paulo (centros comunitários com acesso à internet)”, diz ele. Em seu site, também é possível baixar wallpapers de filmes, encontrar informações sobre eventos culturais e obter dicas de cinema. “Meu próximo passo é popularizar exposições e museus”, diz Ademir.

Outro projeto de inclusão na web, voltado aos idosos, é o Portal da Terceira Idade (www.portalterceiraidade.com.br), iniciativa da Prefeitura de São Paulo com a Associação Cultural Cidadão Brasil. O site é uma reivindicação antiga dos idosos que freqüentam os telecentros. Com uma linguagem acessível, o portal tem várias seções, como salas de bate-papo, enquetes, buscas, dicas culturais, mural de trocas e colunas sobre temas variados. Além disso, há links para outros portais direcionados à terceira idade. Nos próximos meses, cerca de 500 atendentes serão treinados especialmente para orientar os idosos nos telecentros e mostrar que navegar pela internet não depende da idade.

Vídeo da banda The Strokes tem versão sem censura na web
Clique aqui
www.michaelpalmieri.com

Qual é o melhor lugar para exibir um clipe censurado pela MTV? A internet, é claro. Em protesto contra os cortes no último clipe da banda nova-iorquina The Strokes, o diretor Michael Palmieri colocou tudinho na web. O vídeo da música “Juicebox”, do álbum recém-lançado First Impressions of Earth, pode ser baixado diretamente de seu site, com direito a gestos lascivos de uma senhora, beijos entre garotas, agarra-agarra masculino em banheiro e vômitos. Para o download, os internautas precisam ter paciência, pois o arquivo é pesado. O vídeo passou a ser cultuado em comunidades no Orkut, e a versão com cortes pode ser baixada do site da Sony & BMG (www.sonybmg.com.au).

12,4%
Foi o crescimento da internet residencial no Brasil, em 2005, em comparação com o ano anterior
Fonte: Comitê Gestor da Internet no Brasil