Diversão & arte - Livros  

A escolha dos internautas

Jô Soares
1 - Duas Praças
de Ricardo Lísias

2 - Assassinatos na Academia Brasileira de Letras
de Jô Soares

3 - O Zahir
de Paulo Coelho

4 - Para Não Dizer Adeus
de Lya Luft

5 - As Meninas da Esquina
de Eliane Trindade

Resultado da votação realizada entre 6 e 15 de dezembro no site www.istoegente.com.br
• • •

 

Leia também

Exposição
Gastronomia
Internet
Livros
Música
Teatro
Televisão
 
• • •
Os melhores de 2005
A escolha da Gente

A maturidade de Marçal Aquino com um visceral romance, a análise social e antropológica de Cabeça de Porco e a fragmentada narrativa de Cristovão Tezza em O Fotógrafo estão entre os destaques do ano de poucas estrelas
 Os melhores de 2005 - Destaques
 Leia perfil de Marçal Aquino
Divulgação
Celso Athayde, MV Bill e Luiz Eduardo Soares, os autores do profundo e reflexivo Cabeça de Porco

Eu Receberia as Piores Notícias de Seus Lindos Lábios
de Marçal Aquino
Com uma história de amor marcada por desencontros e desajustes, o escritor atinge a maturidade. O romance narra a trajetória do fotógrafo Cauby e o conturbado desejo que o une à mulher de um pastor no Pará com um linguagem direta, crua e visceral.

Cabeça de Porco
de MV Bill, Celso Athayde e Luiz Eduardo Soares

Originado a partir de entrevistas feitas pelo rapper e seu empresário Athayde em favelas de vários Estados brasileiros com jovens
que vivem no mundo do crime, o livro ganhou análise antropológica
por Soares e rende um profundo e reflexivo retrato da juventude
sem perspectivas.

O Fotógrafo
de Cristovão Tezza

Um dia na vida de cinco personagens em Curitiba, na véspera da eleição presidencial de 2002, é acompanhado por um fotógrafo sem nome. Com um texto surpreendente e cheio de nuanças, Tezza prende o leitor e mostra dinamismo e personalidade.

Cinzas do Norte
de Milton Hatoum

Na Manaus das décadas de 50 e 60, dois meninos fortalecem uma amizade que resistirá ao tempo. Neste romance com toques épicos, o autor de Dois Irmãos faz um retrato das últimas décadas com personagens que se cruzam aleatoriamente e uma visão singular da vida de cada um.

O Menino que se Trancou na Geladeira
de Fernando Bonassi
Por meio da história de um menino que não consegue se comunicar e sofre com a discriminação da família e de outras crianças, o autor constrói uma narrativa ácida sobre as verdades absolutas dos tempos atuais, os preconceitos e o poder da mídia.

O mico do ano

A poesia de Lya Luft
Depois de passar os anos de 2003 e 2004 no topo das listas de best-sellers com os livros Perdas & Ganhos e Pensar É Transgredir e vender mais de 700 mil exemplares, a escritora Lya Luft voltou à poesia com Para não Dizer Adeus. Em um misto de reflexão e auto-ajuda, os versos de métrica fácil falam de superação e da alma feminina, mas nada acrescentam ao currículo daquela que já foi considerada uma das grandes romancistas brasileiras e que emocionou os leitores com outro livro de poesias, O Lado Fatal. Aos fãs, resta um consolo. Em 2006, Lya Luft volta ao gênero romance depois de sete anos com O Silêncio dos Amantes.