20 de março de 2000
Home
Outras Edições
Outras Edições
Diversão e Arte
Home
Assine
Assine
Semana
Assine
Assine

Assine

Fale Conosco
Assine
Busca
 


Leia também:

Televisão
Rede TV!
Livros Animados
O Brasil É Aqui
Confira o hanking das TVs

Fique de olho


Cinema

Hurricane - O Furacão
Neve Sobre os Cedros
Música do Coração

Bilheteria

Música

Telling Stories
Meu lugar

Hits

Livros

O Papa de Hitler
Para ler ou ver?
Castelo Rá-Tim-Bum - a empresa

Best sellers

Internet

She
Cyas


Exposições

Coleção Brasiliana
Postais do Brasil


Teatro

No Jardim das Delícias
9.º Festival de Teatro de Curitiba

 


Evento

9.º Festival de Teatro de Curitiba
Com baixo orçamento, cresce a participação na mostra paralela

Marcos Bragato

Foto: Divulgação
Apocalipse 1, 11, de Antônio Araújo

Um dos mais importantes painéis das artes cênicas brasileiras, o Festival de Teatro de Curitiba toma três grandes frentes como motores de sua nona edição, que acontece de 16 a 26 de março. Este ano, destaques dividem-se entre a mostra oficial, com conhecidos diretores do eixo Rio-São Paulo, a mostra Incluídos – um painel de produções não convencionais – e a Fringe, mostra paralela com 46 espetáculos de diversas partes do País.

O chamariz continua na mostra oficial, uma espécie de “Grupo Especial” do teatro, que inclui diretores como Gabriel Villela, Antônio Abujamra, Gerald Thomas, Moacyr Góes, Antônio Araújo, João Falcão e traz a presença carismática de Denise Stoklos, com seu novo solo Vozes Dissonantes. Nem todos os trabalhos são inéditos: Apocalipse 1, 11, em cartaz em São Paulo, ocupará um presídio da capital paranaense e A Máquina, de João Falcão, cumpre temporada em Recife. As mais aguardadas novidades ficam por conta de Crimes Delicados – na qual Abujamra dirige a família Goulart (Paulo, Nicete e Bárbara) –, na versão de Villela para a peça Replay, que traz Luiza Thomé e Raul Gazolla e nas duas montagens de Gerald Thomas, Coro e Camarim, duas leituras sobre o universo do ator.

Foto: Divulgação
A Máquina, de João Falcão

A mostra Incluídos traz três espetáculos fora dos padrões. A Cia. Teatral Ueinzz, formada por atores paulistanos que passam por tratamento mental, encena a peça Dédalus e a Cia. Pombas Urbanas, que nasceu em São Miguel, bairro da periferia paulistana, traz Uma Baleia Perto da Lua. Já a etnia cigana está representada no espetáculo Além da Lenda, montado pela Associação Brasileira de Preservação da Cultura Cigana.

Com a crescente queda no orçamento – R$ 3 milhões em 1998, R$ 2 milhões em 1999 e, neste ano, cerca de R$ 1,5 milhões – a estratégia foi a de ampliar a Fringe (franja ou borda, em inglês), a mostra paralela que dá um termômetro real da produção nacional. É para lá que se voltam os olhos quando a busca é por novidade.

Curitiba em cena

 

Ping Pong

Raul Gazola
Destaque do festival

Lilian Amarante

Foto: Katia Tamanaha/AE

Replay, peça dirigida por Gabriel Villela, é uma das estréias mais esperadas de Curitiba e encerra o Festival. No elenco, além de Vera Zimmerman e Luiza Thomé, está Raul Gazola, que conversou com Gente.

Do que trata a peça?
De um homem que chegou aos 50 anos muito infeliz. É o meu personagem, que começa a rever seus erros e discuti-los, inclusive com ele mesmo, quando jovem. Em cena, você passa o tempo todo com um nariz de palhaço... A gente está trabalhando com a linguagem clown, do palhaço. Todos em cena usam o nariz vermelho e ninguém tem um comportamento normal.

Como assim?
A peça é surrealista. Numa cena, por exemplo, o personagem discute com o pai da namorada, que é interpretado por três atores: um é a cabeça, outro o tronco e o terceiro, as pernas.

É difícil?
Difícil, mas interessante. Estamos trabalhando com a preparadora de voz do Milton Nascimento e fazendo um trabalho corporal intenso. Estou adorando ser dirigido pelo Gabriel. Ele é inteligente e talentoso.

Como é estrear em Curitiba?
É uma novidade. Vamos sentir a reação do público pela primeira vez. Mas já sei que é impossível alguém sair do teatro dizendo que Replay é legalzinha. É uma peça que o espectador odeia ou ama.

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home