20 de março de 2000
Home
Outras Edições
Outras Edições
Diversão e Arte
Home
Assine
Assine
Semana
Assine
Assine

Assine

Fale Conosco
Assine
Busca
 




Luma de Oliveira

Cesar Taylor

Foto:André Durão

Luma, aos 34, milionária e mãe de dois meninos, ao desfilar pela Viradouro: “A bateria é o melhor lugar da escola”

Passaram-se 13 anos, mas o símbolo da sensualidade do Carnaval carioca continua o mesmo. A ex-modelo e hoje empresária do ramo de cosméticos Luma de Oliveira era, aos 21 anos, mais conhecida por ser a irmã mais nova da atriz Ísis de Oliveira. Com a irmã, ela participara da novela O Outro, da Rede Globo. Ela hoje recorda com saudade daquele Carnaval de 1987, que a projetou como musa ao desfilar à frente da bateria da Caprichosos de Pilares. “Tudo aconteceu muito rápido, mas eu estava preparada”, diz. Depois dela e de Luiza Brunet, as baterias nunca mais foram as mesmas. O posto de madrinha tornou-se um dos mais nobres. “A batucada emociona o público, é o melhor lugar para sair na escola”, ensina. Casada com o empresário Eike Batista, 42 anos, mãe de dois filhos, Luma preserva a silhueta e a graça que a elegeram “coelhinha” da Playboy internacional em Hong Kong, também no ano de 1987. “Faço duas horas e meia de ginástica por dia e implantei silicone nos seios”, explica. Aos 34 anos, ela garante que no ano que vem estará de volta à avenida, à frente da Viradouro.

 

 

BoletimAssineFale ConoscoOutras ediçõesHomeBoletimAssineFale conoscoOutras ediçõesHome