Celebridade  
Alexandre Sant’anna

Hoje, a protagonista de Floribella se tornou um ídolo infantil e já vendeu 180 mil cópias do CD com a trilha sonora da novela, na qual também canta e dança

• • •
   Leia colunas anteriores

Juliana Silveira

por diógenes campanha

Arquivo Pessoal
Em 1995, Juliana Silveira exibia orelhas de Minnie ao lado de Angélica (no centro) e de outras angelicats, Geovanna e Michele, durante uma viagem à Disney
A primeira viagem internacional é uma experiência inesquecível, especialmente para quem tem 15 anos de idade e se o destino for a Walt Disney World. Acrescente a companhia de seu ídolo e o resultado será a experiência vivida por Juliana Silveira e imortalizada na foto ao lado. Em 1995, ela viajou com a apresentadora Angélica, de quem era uma das “angelicats” (como eram chamadas as assistentes de palco), para gravar o especial de Dia das Crianças do programa Casa da Angélica, que a loira comandava no SBT. “Completei 15 anos sabendo que iria viajar para a Disney, que era meu sonho”, diz Juliana: “Passei um tempo maravilhoso lá, trabalhando e me divertindo com as amigas. Foi um presente pessoal e profissional”. A atriz lembra de chorar todas as noites vendo a queima de fogos no parque e do clima de “acampamento chique” da viagem, já que as garotas se hospedaram em pequenas villas e estavam, pela primeira vez, longe dos pais. “Era uma sensação de independência muito boa. Como ninguém cozinhava, passamos o tempo todo comendo sanduíches e porcarias”, conta, aos risos. Descoberta por um produtor de Angélica quando estava na platéia do programa, Juliana foi angelicat entre 1993 e 1998 e só parou de trabalhar com a apresentadora quando saiu, junto com as outras meninas, para cursar a Oficina de Atores da Globo. Hoje, a ex-assistente de palco se tornou, ela própria, um ídolo das crianças, protagonizando a novela Floribella, da Band. “Parece até que aqueles cinco anos foram uma preparação para o que estou vivendo agora”, conclui.